Sumaré e Hortolândia anunciam cancelamento do Carnaval 2022

Município de Hortolândia emitiu nota oficial e prefeito de Sumaré Luiz Dalben defendeu decisão conjunta nas 20 cidades da RMC

As Prefeituras de Sumaré e Hortolândia anunciaram o cancelamento do Carnaval no ano que vem. Hortolândia emitiu nota oficial nesta quarta-feira (24) informando que a Adminstração não irá realizar o Carnaval no ano de 2022.
O prefeito de Sumaré, Luiz Dalben (Cidadania) também confirmou a suspensão da Folia de Momo e defendeu que as 20 cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas) tomem uma decisão conjunta, durante entrevista à emissora de rádio Wolf.
Ao Jornal Tribuna Liberal, as prefeituras de Nova Odessa, Paulínia e Monte Mor informaram que ainda não há uma definição a respeito da festa popular. Monte Mor informou que na próxima segunda-feira (29) haverá uma reunião para a definição oficial.
A assessoria de imprensa da Prefeitura de Sumaré informou que a cidade, tradicionalmente, não conta com Carnaval de rua ou programação carnavalesca.
Em entrevista a programa na Rádio Wolf nesta quarta-feira (24), o prefeito de Sumaré disse que sua opinião pessoal é pela não realização da festa. Ele afirmou que defende uma discussão com os prefeitos da RMC para emitirem uma nota conjunta sobre o Carnaval em 2022.
“Independente da decisão deles, não existe uma cultura carnavalesca em Sumaré. Na minha opinião não deve ter, não seria de bom tom, não seria honroso, até mesmo por causa dos comerciantes que ficaram com seus estabelecimentos fechados no ano passado. Não seria apropriado discutir Carnaval, mesmo porque a gente vê na Europa e em outros países aflorando o número de casos. Se conseguiu ficar até agora sem Carnaval, que fique mais um ano”, opinou Dalben.
Hortolândia se pronunciou por nota oficial. “A Prefeitura de Hortolândia informa que a Administração Municipal não irá realizar o Carnaval no ano de 2022. Também não será permitida a realização de eventos que promovam aglomerações ou onde haja dificuldades para realizar a fiscalização, bem como o cumprimento de protocolos sanitários”, trouxe a nota. “A medida visa proteger nossos cidadãos e a rede de atendimento em Saúde contra possíveis efeitos de uma nova onda da pandemia de Covid-19. A Prefeitura salienta que o ritmo e a adesão à vacinação estão em patamares satisfatórios e a prioridade, neste momento, é a preservação da vida”, conclui a nota. Em coletiva de imprensa do governo do Estado nesta quarta-feira, o Estado informou que 65 municípios já cancelaram a festa ano que vem.

Quinta-feira, 25 de Novembro de 2021

Veja Também

Equipe de educação ambiental de Hortolândia orienta população a adotar práticas positivas

O trabalho de educação ambiental realizado pela Prefeitura de Hortolândia incentiva a adoção de atitudes ...