Nova Odessa realiza avaliação prévia para cirurgias no mutirão da catarata

A Prefeitura de Nova Odessa, por meio da Secretaria de Saúde, realiza nesta sexta-feira (26) e sábado (27) as avaliações pré-cirúrgicas do primeiro grupo de pacientes que estão na “fila” por cirurgias de catarata. Este grupo inicial está sendo “convocado” por telefone. O atendimento acontece no Ambulatório de Especialidades. Devem comparecer apenas os pacientes contatados por telefone pela Central de Regulação da Rede Municipal de Saúde, na data e horários informados pela equipe.
De acordo com a Secretaria de Saúde, as avaliações pré-cirúrgicas visam confirmar quais pacientes estão aptos para a cirurgia e quais podem não estar, geralmente devido a outros problemas de saúde ou questões clínicas.
O “mutirão” anunciado em outubro pelo prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho, visa atender a grande parte da demanda reprimida na cidade desde o ano de 2018. Serão realizadas, conforme o contrato, 600 cirurgias (ou “600 vistas”). Alguns pacientes, no entanto, precisam operar ambos os olhos.
“Nesses dois primeiros dias (sexta e sábado), vamos atender a 160 pacientes convocados, sendo 80 por dia. São os casos mais antigos, que estão na fila desde 2018 e 2019, e também os mais urgentes, apontados pelos oftalmologistas da Rede Municipal. Os demais pacientes serão atendidos nos finais de semana de janeiro, quando também começamos as cirurgias propriamente ditas, cujo cronograma prevê o encerramento de todo esse processo (de mutirão) até a primeira quinzena de fevereiro, se tudo correr bem”, explicou o secretário de Saúde, Silvio Corsini.
Após as cirurgias, que acontecem a partir de janeiro, os pacientes atendidos já sairão do Ambulatório de Especialidades com o colírio pós- -cirúrgico necessário para o sucesso da cirurgia, bem como com todas as orientações de uso desse medicamento e dos cuidados em geral que são necessários para a correta cicatrização da vista operada.
“A cirurgia da catarata tem um efeito imediato, ela melhora a qualidade de vida da pessoa, principalmente dos idosos, que muitas vezes já não estão enxergando direito por causa do problema. Graças a Deus conseguimos viabilizar, em menos de um ano de governo, esse primeiro mutirão”, afirmou o prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho.
Ao todo, a atual gestão está investindo R$ 418.200 nesta ação. O recurso é fruto de uma emenda destinada para a Saúde Municipal no início deste ano, pelo deputado federal Rui Falcão. A empresa responsável pelos serviços é a Bosco Clínica Médica Ltda, que ofereceu o menor preço – ou R$ 698 por vista.

Quinta-feira, 25 de Novembro de 2021

Veja Também

Grupo de Estudos da Justiça Restaurativa promove palestra virtual na quarta-feira, dia 1º

O Grupo de Estudos e de Gestão da Justiça Restaurativa de Nova Odessa e, agora, ...