MPT vai investigar causas do acidente que matou trabalhador em explosão

O MPT (Ministério Público do Trabalho) instaurou procedimento para investigar as causas da explosão de um compressor usado para romper rochas que causou a morte de um trabalhador de 30 anos, na manhã da terça-feira (23), em Paulínia. Um outro trabalhador de 50 anos sofreu queimaduras de segundo grau. Ele ficou internado no Hospital Municipal da cidade, mas teve alta na quarta-feira (24). Durante a investigação, também será apurada a responsabilidade dos empregadores no ocorrido, no caso a Prefeitura de Paulínia e o Consórcio Cidade/Paulitec. “A denúncia foi distribuída à procuradora Clarissa Ribeiro Schinestsck no dia de hoje (quarta-feira, 24), e encontra-se concluso para providências”, informou o MPT em nota.

O CASO
O delegado Roney de Carvalho Barbosa Lima disse que foi instaurado inquérito para apurar o caso. “Foi instaurado o inquérito policial sobre o ocorrido. Vamos apurar as circunstâncias do ocorrido e se houve alguma negligência”, relatou.
Os peritos do IC (Instituto de Criminalística) de Americana estiveram no local para apurar a causa do acidente. Somente depois o corpo da vítima foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) para tentar apurar a causa da morte.
Lima disse ainda que várias testemunhas foram ouvidas pela Polícia Civil. “Precisamos aguardar os laudos para dar continuidade sobre a apuração. Neste momento, é cedo para fazer qualquer afirmação sobre o caso”, completou o delegado. A prefeitura não informou se a obra foi paralisada ou quantos trabalhadores atuavam no local.

Quinta-feira, 25 de Novembro de 2021

Veja Também

Três pessoas ficam feridas em acidente na Estrada Norma Marson Biondo

Três pessoas ficaram feridas após se envolverem em um acidente com três carros, na Estrada ...