Trabalhador morre em explosão em obras do sistema viário em Paulínia

Outro operário foi hospitalizado com queimaduras de segundo grau, mas seu quadro de saúde é estável

A explosão em um compressor usado para romper rochas causou a morte de um trabalhador de 30 anos, na manhã da terça-feira (23). Outro operador de 50 anos está internado no Hospital Municipal de Paulínia com queimaduras de segundo grau, mas seu quadro de saúde é estável.
Eles trabalhavam nas obras do novo complexo viário da nova ponte sobre o Rio Atibaia, que vai interligar do João Aranha com a do Monte Alegre. As identidades das vítimas não foram informadas. Moradores de bairros próximos ouviram o barulho da explosão. O delegado Roney de Carvalho Barbosa Lima disse que o boletim de ocorrência foi registrado na delegacia da cidade. “Foi instaurado o inquérito policial sobre o ocorrido. Vamos apurar as circunstâncias do ocorrido e se houve alguma negligência”, relatou. Os peritos do IC (Instituto de Criminalística) de Americana estiveram no local para apurar a causa do acidente. Somente depois, o corpo da vítima foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) para tentar apurar a causa da morte.
Lima disse ainda que várias testemunhas foram ouvidas pela Polícia Civil. “Precisamos aguardar os laudos para dar continuidade sobre a apuração. Neste momento, é cedo para fazer qualquer afirmação sobre o caso”, completou o delegado;
A Prefeitura lamentou o incidente. “Infelizmente, um funcionário que estava no local veio a óbito e uma segunda vítima está internada no Hospital Municipal de Paulínia, com queimaduras de 2º grau. Seu quadro é estável. Por ora, o Consórcio Paulitec, responsável pelas obras, está apurando as causas do acidente. Nossos sinceros sentimentos aos amigos e familiares”, trouxe a nota.

Quarta-feira, 24 de Novembro de 2021

Veja Também

Três pessoas ficam feridas em acidente na Estrada Norma Marson Biondo

Três pessoas ficaram feridas após se envolverem em um acidente com três carros, na Estrada ...