Hortolândia emite 98 carteirinhas de identificação de autistas em 10 meses

Número de documentos ainda é pequeno diante da quantidade de autistas que vivem no município

O Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para as Mulheres de Hortolândia, órgão da Secretaria de Governo, divulgou nesta semana um balanço da emissão da CIA (Carteira de Identificação do Autista). Até o momento, foram emitidas 98 declarações de pessoas com TEA (Transtorno do Espectro do Autismo). A emissão começou em 3 de dezembro de 2020, portanto, há dez meses.
De acordo com a responsável pelo setor dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Cristiane Rocha, o número de carteirinhas confeccionadas ainda é pequeno diante da quantidade de autistas que vivem no município.
Segundo dados do Setor de Educação Especial e Inclusiva, da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, a rede municipal de ensino de Hortolândia conta com mais de 150 alunos com Transtornos do Espectro do Autismo.
Em Hortolândia, pais e responsáveis por pessoas com TEA podem solicitar à Prefeitura a Carteira de Identificação do Autista. O documento pode ser solicitado, gratuitamente, ao Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas. Para isso, basta ir ao HortoFácil, central de serviços municipais, na Rua Argolino de Moraes, 405, na Vila São Francisco, às terças e quintas-feiras, das 8h30 às 12h.
O formulário de solicitação da CIA está disponível no Departamento de Direitos Humanos e no site da Prefeitura (www.hortolandia. sp.gov.br). Podem solicitar a carteirinha o próprio titular, seu procurador ou responsável legal, mediante apresentação da documentação pessoal ou Protocolo. O documento será entregue em até 15 dias úteis.

Sexta-feira, 15 de Outubro de 2021

Veja Também

Equipe de educação ambiental de Hortolândia orienta população a adotar práticas positivas

O trabalho de educação ambiental realizado pela Prefeitura de Hortolândia incentiva a adoção de atitudes ...