Programa ‘Árvore Amada e Segura’ orienta sobre arborização urbana em Hortolândia

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Hortolândia reforçou as atividades do Programa Municipal de Educação Ambiental, com a criação do projeto “Árvore amada e segura”. A intenção é estimular o plantio de espécies adequadas à arborização urbana.
Segundo a prefeitura, o município promoverá formação em arborização urbana para diferentes públicos e para a comunidade, com o objetivo de esclarecer a importância dos cuidados com as espécies existentes na cidade.
A primeira palestra, realizada na sexta-feira (10/09), foi oferecida para 10 pessoas, entre professores da rede municipal de educação e agentes ambientais. A ação aconteceu no Observatório Ambiental Parque Escola, antigo Creape, ministrada pela engenheira agrônoma da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Alynne Sant’Anna e pelo agente ambiental Ricardo Zanoni.
De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, neste ano serão quatro formações deste curso e, de 2022 em diante, haverá uma formação a cada dois meses.
“O curso também tem o objetivo de incentivar o plantio de novos exemplares. Queremos sensibilizar sobre a importância da preservação destas árvores já existentes para o meio ambiente e a sociedade em geral. Também falamos sobre os benefícios da arborização, os riscos em eliminar ou ‘machucar’ as árvores, que são as chamadas injúrias, e as consequências que isso causa para a natureza, além das penalidades ao infrator”, informou Alynne. Ela também orientou sobre a escolha das espécies a serem plantadas de acordo com o tamanho da calçada.
Segundo a engenheira agrônoma, os agentes ambientais que participaram do curso estão mais qualificados para orientar os moradores no momento da realização do plantio destas árvores. E os professores poderão passar aos alunos o conhecimento adquirido sobre a importância da arborização e, posteriormente, o aluno deste professor poderá levar o conhecimento para casa e sua família.

MUNICÍPIO VERDEAZUL
O formação do público em relação a arborização urbana atende a uma das diretivas do PMVA (Programa “Município VerdeAzul”), da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, com o qual a Prefeitura está alinhada. O programa estadual apoia e estimula, nos municípios paulistas, a realização de ações na área ambiental e de desenvolvimento sustentável.

Terça-feira, 14 de Setembro de 2021

Veja Também

Estado destina 650 cestas básicas ao Fundo Social de Solidariedade

Programa “Alimento Solidário” entregou até agora 12.430 cestas às famílias carentes de Sumaré O Governo ...