Servidores de Hortolândia são orientados a economizar água e energia elétrica

A Prefeitura de Hortolândia começou ações educativas para orientar os servidores a evitar o desperdício de água encanada e energia elétrica tanto nos prédios públicos quanto na casa de cada um. As atividades começaram semana passada e ocorrem no contexto da crise hídrica e energética.
As ações são das secretarias de Administração e Gestão de Pessoal e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Coube ao coordenador do Núcleo de Educação Ambiental, Ricardo Zanoni, orientar os colegas.
Semana passada, ele se reuniu com profissionais da limpeza no Paço Municipal “Palácio das Águas”. Nos próximos dias, estará em prédios públicos, inclusive em escolas da rede municipal para abordar o tema, buscando sensibilizar e conscientizar a todos.
“A proposta maior é mostrar o quanto estes profissionais são importantes neste processo de redução do consumo de água e energia nos prédios públicos, mas, também, para que repliquem isso em seus lares, conversando com os familiares para que isso se torne um hábito na vida deles, algo que possa ser feito automaticamente”, ressalta o educador ambiental.
Segundo a diretora do Departamento de Administração, Eiddy Cristina Assunção, as ações educativas não têm meta a ser cumprida. Visam sobretudo gerar conscientização e engajamento para que contribuam com a redução das contas públicas, nesta área, em constante elevação por causa da estiagem.
“Essa atividade com os servidores e colaboradores serviu para que tomemos cuidado com o desperdício de água e energia elétrica em nossos prédios públicos e que estas orientações também sejam aplicadas em suas casas. Esperamos, com isso, aperfeiçoar o trabalho coletivo, facilitar e estimular o servidor a produzir melhores resultados”, afirmou o assistente administrativo e vice-presidente da Cipa geral (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), Claudinei Prazeres de Barros.
Prefira usar lâmpadas LED, que consomem até 80% menos que as lâmpadas convencionais.

Terça-feira, 14 de Setembro de 2021

Veja Também

Estado destina 650 cestas básicas ao Fundo Social de Solidariedade

Programa “Alimento Solidário” entregou até agora 12.430 cestas às famílias carentes de Sumaré O Governo ...