PM liberta mãe e filha mantidas sob cárcere em Hortolândia

Uma dona de casa e sua filha de apenas 4 anos, que eram mantidas sob cárcere privado dentro da própria residência, no Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, em Hortolândia, foram libertadas na segunda-feira (19) pela Polícia Militar. A mulher era proibida de sair e agredida pelo próprio companheiro, que foi preso. O agressor foi encaminhado ao Plantão Policial e autuado em flagrante por violência doméstica. Ele ficou na Cadeia de Sumaré.
De acordo com a PM, na manhã da segunda-feira, uma equipe foi acionada pelo Copom (Centro de Operações da Polícia) para averiguar uma denúncia de agressão. Os policiais estiveram na casa da vítima e foram atendidos pelo agressor que, sobre o muro, informou que nada havia ocorrido e estava tudo bem. No entanto, os policiais solicitaram que todos saíssem da residência. O homem saiu de casa com a esposa. Após ficar distante do companheiro, ela chorou e disse que ela e a filha estavam sendo mantidas em cárcere privado pelo marido. A mulher disse que também foi agredida e mostrou hematomas no corpo.
Os policiais constataram que a criança também tinha lesões na região da cabeça. Mãe e filha foram levadas ao Hospital Mário Covas, onde passaram por atendimento médico e foram liberadas. O agressor foi conduzido ao Plantão Policial. O delegado plantonista arbitrou fiança no valor de R$ 1,1 mil, mas, como não fez o pagamento, ele foi levado à Cadeia de Sumaré.

Quarta-feira, 21 de Julho de 2021

Veja Também

Polícia Militar estoura desmanche e prende suspeito em Hortolândia

Peças de veículos roubados ou furtados e um revólver calibre 380 foram apreendidos na ação; ...