Lançado pela Cufa, Mães da Favela Futebol Clube ocorrerá em julho

Evento é organizado pela Central Única das Favelas para arrecadação de alimentos para famílias em vulnerabilidade

Com o objetivo de promover a arrecadação de alimentos para famílias em vulnerabilidade, principalmente neste período de pandemia de Covid-19, a Cufa (Central Única das Favelas) promoverá, entre os dias 21 e 27 de julho, o projeto Mães da Favela Futebol Clube. Times de futebol da região já aderiram. Em Hortolândia, o time amador Canarinho Futebol Clube já fechou apoio aos voluntários, assim como a Ponte Preta e o Guarani (Campinas), XV de Piracicaba e Inter (Limeira). As equipes de grande porte como Corinthians, São Paulo, Santos e Palmeiras também vão colaborar.
Celso Athayde, fundador da Cufa, enfatiza que muitas pessoas têm colaborado com as ações solidárias do grupo. “As pessoas sabem que estamos atravessando um momento difícil e têm se mostrado muito solidárias, mas também percebemos que essa percepção do povo, aliada ao apoio dos representantes de uma paixão nacional, que é o futebol, engaja muita gente a doar e, dessa forma, esperamos conseguir apoiar ainda mais o projeto Mães da Favela, que precisa desse apoio. É um momento de união; não existe rivalidade entre clubes”, disse.
O coordenador da Cufa em Hortolândia, Paulo Augusto Antualpa, ressaltou que tanto os times como torcedores, apoiadores e patrocinadores poderão colaborar na arrecadação dos mantimentos.

ARRECADAÇÃO
A comunidade também pode auxiliar na campanha, com a doação de alimentos não perecíveis. Em Hortolândia, um dos pontos de arrecadação será na Rua Maringá, 9, no Jardim Nova América.
“A parceria com o Canarinho foi sensacional. Nossa campanha vai se estender ao território nacional. Qualquer tipo de doação será bem-vinda”, disse Antualpa.

PÁSCOA
Em abril, a Cufa da RMC (Região Metropolitana de Campinas), entregou 400 kits de chocolates em comunidades de Hortolândia e Sumaré. A mesma ação também foi realizada em Campinas, Limeira, Artur Nogueira, Cosmópolis e Valinhos.
Na ocasião, os voluntários estiveram no Jardim Adelaide, Portelinha, Vila da Conquista, Nova América, Monte Sinai, Santa Fé, Recanto da Fé e Jardim Boa Esperança, em Hortolândia. Além dos chocolates, também foram entregues 30 cestas básicas a famílias que já estavam cadastradas.
Em Sumaré, os voluntários estiveram na Vila Valle, São Domingos, Parque Jatobá, Jardim das Orquídeas, Jardim Picerno, Nova Veneza e Virgílio Viel.

CUFA
A Cufa é uma organização brasileira reconhecida nacional e internacionalmente nos âmbitos político, social, esportivo e cultural que existe há 20 anos. Foi criada a partir da união entre jovens de várias favelas, principalmente negros, que buscavam espaço para expressarem suas atitudes, questionamentos ou, simplesmente, sua vontade de viver.
A entidade tem o rapper MV Bill como um de seus fundadores. Bill já recebeu diversos prêmios devido à sua ativa participação no movimento hip hop. Por exemplo: a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) o premiou como uma das dez pessoas mais militantes no mundo na última década. Além dele, a Cufa conta com Nega Gizza, uma forte referência feminina no mundo do rap, conhecida e respeitada por seu empenho e dedicação às causas sociais. Tem ainda o produtor Celso Athayde como coordenador-geral.

Sábado, 12 de Junho de 2021

Veja Também

Ícone de Hortolândia, Mãe Eleonora morre aos 59 anos vítima de Covid-19

Líder religiosa, escolhida como uma das ‘caras’ da cidade em votação popular, foi sepultada na ...