Câmara vota LDO que prevê R$ 951,69 milhões para 2022

Na sessão da Câmara de Sumaré desta terça-feira (8), os parlamentares fazem a primeira discussão e votação do projeto de lei nº 125/2021, de autoria do prefeito Luiz Dalben (Cidadania), que define as diretrizes orçamentárias para o exercício financeiro de 2022. A LDO, que prevê um montante de R$ 951.690.800,00 para o próximo ano, deve ser votada em dois turnos pelos vereadores, com intervalo mínimo de uma sessão. A reunião, que terá início a partir das 15h, poderá ser assistida no canal da Câmara no YouTube.
Conforme o artigo 292 do Regimento Interno, as sessões nas quais se discutem as leis orçamentárias terão a Ordem do Dia, preferencialmente, reservada a essa matéria e o Expediente ficará reduzido a 30 minutos, contados do final da leitura dos documentos.
A LDO é um pré-orçamento em que o Poder Executivo demonstra, anualmente, as metas e prioridades da Administração, as políticas tributária e de pessoal, metas de estoque de dívida, resultado primário, critérios para limitação de gastos, distribuição de subvenção, entre outros tópicos. O Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias pode propor ainda alterações à Lei do Plano Plurianual, indicando as mudanças para os anos seguintes, além de trazer todos os elementos esclarecedores que, a critério do Poder Executivo, possam orientar a apreciação do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias pelo Poder Legislativo.
A Câmara de Vereadores realizou audiência pública para apresentação do projeto no dia 13 de maio. Como o prédio encontrava-se com restrições de acesso por conta da pandemia, o evento foi transmitido também de maneira virtual.

Terça-feira, 8 de Junho de 2021

Veja Também

Após saída de investigadores de DPs, Alan Leal faz apelo a delegada seccional

A informação de que todos os investigadores da Polícia Civil que atuam nos seis distritos ...