Atleta paralímpico sumareense recebe homenagem da Câmara de Vereadores

Moção apresentada pelo parlamentar Sirineu Araújo foi aprovada por unanimidade, na sessão da última terça-feira

Elias Alves Emerick tem 45 anos. Morador do Jardim São Francisco, em Sumaré, o paranaense descobriu que seu corpo não tem limites após sofrer um acidente de trabalho e ter de amputar a perna direita. Oito anos depois, Elias é atleta paralímpico, palestrante e acumula medalhas em competições nacionais. Sua trajetória foi homenageada na última terça-feira (25), pela Câmara de Sumaré, em moção especial apresentada pelo vereador Sirineu Araújo (PL) e aprovada por todos os parlamentares.
O acidente mudou a vida de Elias. No entanto, depois de entender a nova extensão do seu corpo, ele descobriu há três anos sua vocação para o esporte. Numa trajetória meteórica, superou-se dia após dia e, atualmente, é atleta paralímpico representando Paulínia e defende as equipes de futebol de amputados da Ponte Preta e de futevôlei do Arena Barão/ Campinas. É o terceiro melhor do país no arremesso de peso, ficou em segundo lugar no arremesso de disco em 2020 e tem usado sua história de vida e o esporte para tocar as pessoas em palestras motivacionais.
Com os bons resultados, veio a notoriedade. O desempenho do atleta no futevôlei chamou a atenção do ex-jogador Romário. Especialista no assunto, o Baixinho, que é senador pelo Rio de Janeiro, compartilhou fotos e vídeos seus nas redes sociais, culminando em um convite para um torneio da modalidade realizado em Niterói, dando maior visibilidade para os atletas paralímpicos.
“O Elias é uma das maiores referências em esporte paralímpico em nossa região, nosso Estado e nosso país. Essa moção de congratulação para esse personagem é pouco pela força de vontade, garra e reconhecimento que ele mesmo trouxe para enriquecer cada um de nós”, afirmou o vereador Sirineu Araújo, na moção aprovada por unanimidade.
Em vídeo exibido na sessão de terça, o atleta agradeceu ao vereador pela homenagem, “Sou muito grato e recebo em nome de todos os atletas paralímpicos, amputados e pessoas com deficiência. Para você, que é um atleta, uma pessoa amputada ou tem alguma deficiência, eu quero dizer que os meus sonhos não acabaram no momento em que eu sofri o acidente. Eles apenas começaram”, afirmou Emerick, numa mensagem de motivação.
Na moção de congratulação, aplausos, louvor e parabenização 188/2021, Sirineu Araújo ressalta o trabalho excepcional dos treinadores Caio, Cesar e Gibi. “Elias continuará sendo uma pessoa com rica história para as próximas gerações. Atleta, palestrante, pai, filho e referência para pessoas em seu modo geral”, concluiu o parlamentar sumareense.

Sábado, 29 de Maio de 2021

Veja Também

Sirineu Araujo propõe semana de educação no trânsito em Sumaré

Objetivo da proposta é melhorar a segurança para motoristas, ciclistas e pedestres na cidade; projeto ...