Prefeitura cria programa educativo no Youtube para fortalecer aprendizagem

Sem previsão de volta às aulas presenciais, por causa do coronavírus, educadores utilizam tecnologia para manter vínculo com alunos

Contação de histórias, leitura, teatro, música, arte, dicas de alfabetização. Esses são alguns conteúdos que serão exibidos pelo programa educativo “Território de Saberes”, lançado na Internet pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia da Prefeitura de Hortolândia, no último dia 11. A ação, afirma o secretário Fernando Moraes, é uma alternativa, em tempos de pandemia, para ampliar a oferta de conteúdo pedagógico aos alunos e fortalecer vínculos com a comunidade escolar.
Inicialmente, o programa vai ao ar duas vezes por semana, por meio do canal da própria Secretaria no Youtube (https://www.youtube.com/secretariadeeducacaocienciaetecnologiahortolandia). Os programas serão gravados. De acordo com a Secretaria, os conteúdos estão em produção pelas unidades escolares, desde o ano passado.
“Diante da pandemia, da necessidade de ensino remoto, estamos utilizando a tecnologia para ofertar mais aprendizado e experiências para toda comunidade escolar. O programa é uma alternativa para pais e alunos terem acesso a um ambiente educativo, com programas lúdicos, que vão ampliar o aprendizado e fortalecer o vínculo afetivo entre pais, alunos, professores”, afirma Moraes.
Durante o programa de estreia, o público pode conferir a contação da história “A fruta amarela”, do autor Ricardo Azevedo, feita pela coordenadora pedagógica do Centro de Formação dos Profissionais em Educação “Paulo Freire”, Solange Cachimiro Ferreira de Biazzio.

SEM PREVISÃO DE AULAS PRESENCIAIS
As aulas presenciais na rede municipal de ensino de Hortolândia só voltarão quando for seguro para alunos e profissionais da educação. Quem afirma é o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Moraes.
Desde o ano passado, por causa da crise sanitária do novo Coronavírus, as aulas presenciais foram suspensas e a Prefeitura adotou o ensino remoto.
“Até que 100% dos profissionais da Educação sejam vacinados continuaremos com ensino remoto, levando material pedagógico na casa de alunos, sem acesso à tecnologia, e com ações para fortalecer vínculos com a comunidade escolar”, reforça Moraes.
De acordo com o secretário, a Prefeitura continua a distribuição do kit alimentação para alunos da rede municipal de ensino, que substituiu a merenda escolar. Também mantém a oferta gratuita de material escolar.

Quarta-feira, 19 de Maio de 2021

Veja Também

Prefeitos da região participarão de evento sobre transformação digital

Du Cazellato, de Paulínia, e Gustavo Reis, de Jaguariúna, estão entre os convidados do webinar ...