Número de ocorrências atendidas pelo Samu cresce 45,8% em 2 anos

Serviço, que completou 13 anos de atuação em Sumaré em janeiro, foi homenageado pela Câmara de Vereadores, por meio de moção

O volume de atendimentos do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Sumaré cresceu 45,8% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com igual período de 2019. Em relação ao ano passado, o aumento foi de 12,4%. Os dados foram apresentados pelo vereador Silvio Coltro (PL), que prestou uma homenagem ao serviço, que completou 13 anos de atuação na cidade em janeiro. A moção de congratulação e aplauso nº 146/2021, que destaca a competência e a bravura dos 80 profissionais que atuam no serviço, foi aprovada por unanimidade, com20 votos favoráveis, na sessão da última terça-feira (4).
O parlamentar destaca que, diante da pandemia de Covid-19, a rotina do Samu sofreu mudanças significativas. No primeiro trimestre de 2019, o serviço registrou 2.767 ocorrências. No mesmo período do ano de 2020, foram registradas 3.594. Já nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021, foi registrado um total de 4.034 ocorrências.
O documento lembra que a unidade do Samu em Sumaré foi inaugurada no dia 23 de janeiro de 2008, na Rua Sergipe, 266, no Jardim Nova Veneza. “Ao longo desses anos, o Samu vem prestando um serviço de excelência em nosso município, com profissionais treinados e altamente capacitados, cumprindo seu digno e admirável papel de salvar vidas. Em ocorrências mais graves, o Samu chega a contar com o apoio do helicóptero Águia da Polícia Militar. Todos os treinamentos são realizados com total concentração e comprometimento, visando assegurar a máxima eficácia dos procedimentos operacionais”, ressalta Silvio Coltro.
Atualmente, o Samu de Sumaré conta com 80 funcionários, entre condutores socorristas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem, médicos emergencistas e profissionais responsáveis pela higiene. As equipes têm à disposição cinco ambulâncias, sendo quatro de suporte básico de vida, tripulada pelo condutor e um técnico ou auxiliar, e uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) móvel, tripulada pelo condutor, um médico e um enfermeiro. A gerência e a coordenação dos trabalhos do Samu estão sob a responsabilidade de Ailton Andrade (gerente) e Rafael Silvério (coordenador).
“Um exemplo da grandeza deste trabalho é o caso do menino Samuel, que no dia 27 de abril de 2020 sofreu um grave acidente em sua residência, um traumatismo quase irreversível. Na ocasião, ele tinha apenas 2 anos de idade. Hoje, graças ao excelente trabalho dos profissionais do Samu naquele atendimento, ele está se recuperando muito bem, o que tem proporcionado à sua família profundos sentimentos de felicidade e gratidão”, lembra o parlamentar.

ATENDIMENTO
O Samu é um serviço brasileiro de atendimento pré-hospitalar criado em 2004 que tem como objetivo chegar precocemente à vítima após a ocorrência de alguma situação de urgência ou emergência que possa causar sofrimento, sequelas ou até mesmo morte.
O serviço é oferecido gratuitamente à população, funcionando 24 horas por dia, por meio da prestação de orientações e do envio de veículos tripulados por equipe capacitada, acessado por telefone pelo número 192 e acionado por uma Central de Regulação das Urgências. Os atendimentos são realizados em qualquer lugar, seja em residências, locais de trabalho ou vias públicas.

Sexta-feira, 7 de Maio de 2021

Veja Também

Sirineu Araujo propõe semana de educação no trânsito em Sumaré

Objetivo da proposta é melhorar a segurança para motoristas, ciclistas e pedestres na cidade; projeto ...