Nelson Almeida celebra projeto que garante 50% do 13º adiantado aos servidores

Proposta enviada pela prefeitura à Câmara de Monte Mor prevê a antecipação de metade do benefício

O vereador Nelson Almeida (Solidariedade) afirmou, na última segunda-feira (3), que a prefeitura de Monte Mor atendeu à Indicação 83/2021, do seu gabinete, que solicitava alterações na Lei Complementar 4/2006, visando à flexibilização de critérios de concessão de adiantamento do 13º salário aos servidores públicos municipais.
O parlamentar citou o Projeto de Lei Complementar 2/2021, do Poder Executivo, que passou pela fase de leitura no Expediente da sessão plenária. A propositura possibilita que os servidores interessados solicitem à administração, com três meses de antecedência, a concessão de adiantamento de 50% do 13º salário, “a ser pago dentro do ano vigente”.
“A gente via que alguns funcionários não tinham direito a esse adiantamento. E, após essa lei ser aprovada, todos terão direito”, comentou Nelson, agradecendo ao prefeito Edivaldo Brischi (PTB) pelo envio da propositura, para apreciação pela Câmara. Na justificativa do PL, o prefeito destaca que a regra em vigor no Estatuto dos Servidores delimita a concessão do adiantamento ao mês de aniversário do solicitante – excluindo, nesse sentido, os aniversariantes de novembro e dezembro. Se aprovada, a mudança estenderá o benefício a todos os funcionários que solicitarem – “de acordo com as disponibilidades financeiras do município, independentemente da data de seu aniversário”.

EDUCAÇÃO
Nelson Almeida também comentou a sua participação em um evento do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), em São Paulo, naquela data – solenidade que contou com a presença do ministro da Educação, Milton Ribeiro, e equipe. Acompanhado de Guilherme Mariz – jovem que, segundo ele, vem trabalhando ativamente na política e possui contatos nas esferas municipal, estadual e federal – o parlamentar fez interlocuções e debateu iniciativas para a área. “Junto com a Secretaria [municipal] de Educação, vamos elaborar os projetos e vamos buscar, junto ao governo federal, melhorias para nosso município”, concluiu.

SAÚDE
O vereador Beto Carvalho (DEM) afirmou, também na segunda-feira, que as equipes de saúde que atuam na rede pública do município estão desmotivadas, na atual gestão. “A gente tem notado a perda de médicos pela cidade”, afirmou o parlamentar.
No pronunciamento, Beto citou o recente caso de um médico que atuava no Jardim Paulista e que “foi embora”. “A cada mês que passa, está se perdendo um profissional de saúde aí. Em meio à pandemia, infelizmente, hoje, a saúde é a mais desmotivada em Monte Mor”, lamentou. O parlamentar também manifestou apoio ao colega Paranhos (MDB), que, em requerimento, havia cobrado explicações à prefeitura sobre a suspensão do pagamento de gratificação aos médicos da cidade.

Sexta-feira, 7 de Maio de 2021

Veja Também

Medidas protetivas contra violência doméstica crescem 65,4% na região

De acordo com o Tribunal de Justiça, foram 379 pedidos entre janeiro e maio de ...