Portais ‘inteligentes’ são armas de Hortolândia para aumentar a vigilância e diminuir crimes

Estruturas de 13 metros de altura, câmeras de OCR e telões de LED estão sendo construídas nas entradas do município

A Prefeitura de Hortolândia está construindo portais de boas-vindas nas principais vias de acesso à cidade. O objetivo é ampliar a vigilância e, consequentemente, reduzir os índices de criminalidade. Ao todo, serão três pórticos. Dois deles, levantados nas avenidas São Francisco de Assis e Tereza Ana Cecon Breda, estão com as obras na fase final e custaram R$ 1,67 milhão aos cofres municipais. O outro será erguido na Avenida da Emancipação.
De acordo com a Secretaria de Segurança do município, os três portais inteligentes terão o mesmo padrão, com 13 metros de altura, projeto arquitetônico moderno, estrutura metálica, painéis informativos em LED, para veiculação de campanhas e informações sobre a cidade, câmeras de OCR (do inglês ‘Optical Character Recognition’, tecnologia de reconhecimento ótico de caracteres, que faz a leitura de placas de veículos) e câmeras de monitoramento.
O portal com obras mais avançadas é o da São Francisco de Assis, que fica na altura do Parque do Horto. A avenida é um dos acessos à cidade, utilizado por quem chega e deixa Hortolândia pela Rodovia Anhanguera, nas proximidades da empresa Honda Automóveis. O portal passa sobre as duas pistas da via, que foi duplicada recentemente no trecho entre a Vila Real e o Parque do Horto.
O dispositivo custou R$ 740.925,09 e deve ser entregue nos próximos dias, dentro das comemorações dos 30 anos de emancipação do município, celebrados no próximo dia 19.
Na Avenida Thereza Ana, endereço do outro portal, as obras iniciadas em fevereiro também seguem em ritmo acelerado. A via é usada pelos motoristas que acessam ou saem da cidade pela Estrada Municipal Teodor Condiev, que liga o município a Sumaré.
O portal da Thereza Ana é o mais caro dos dois pórticos em construção. Ele consumiu investimento de R$ 934.659,13 e deve ser concluído em junho.
Cada portal terá dois painéis. “O telão eletrônico, além de embelezar o portal, terá informações úteis para os motoristas e a população em geral. Também abrigará as câmeras de segurança. A obra contribui com toda a modernização que a cidade está recebendo neste primeiro semestre do ano”, explicou o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Sérgio Torrecillas, durante a finalização da parte elétrica para a acoplagem dos telões no portal construído na Avenida São Francisco de Assis.
Enquanto os dois portais têm data de entrega, o da Avenida da Emancipação, que passa por readequação viária, ainda não tem custo e data prevista de início. A via é a principal porta de entrada no município, acessível pela SP-101 (Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença).
Questionada pela reportagem do jornal Tribuna Liberal sobre o impacto dos portais para a segurança da população, a Prefeitura de Hortolândia informou que eles proporcionarão o acompanhamento em tempo real de todos os veículos que acessarem o município. A Administração Municipal afirmou, ainda, que os portais não contarão com presença fixa de guardas civis municipais em tempo integral, reforçando a aposta na vigilância eletrônica.
“O impacto é muito positivo, considerando que as câmeras são importantes na vigilância 24 horas, bem como nas operações e autuações, porque multiplicam os olhos da segurança pública, otimizando de certa forma o emprego do policiamento. A ferramenta contribui no uso das imagens captadas com a rápida resposta e o encurtamento do tempo de investigação e a consequente responsabilização do infrator”, avaliou o secretário municipal de Segurança, Jold Nunes Correa.
Pelo fato de a vigilância ser ininterrupta, o secretário de Segurança acredita na redução drástica dos índices de criminalidade no município a partir do funcionamento dos três portais, que criarão uma espécie de “muralha virtual” nos limites da cidade.

CRIMINALIDADE
Dados disponibilizados pela SSP (Secretaria Estadual de Segurança Pública) apontam que o número de veículos roubados cresceu 36,5% em Hortolândia no primeiro trimestre de 2021, na comparação com igual período do ano passado. Foram 86 ocorrências entre janeiro e março, contra 63 registradas nos primeiros três meses de 2020.
Entre carros furtados (846) e roubados (648), a delegacia da Polícia Civil do município recebeu 1.494 queixas nos últimos dois anos (2019 e 2020).
Segundo dados da SSP, o índice de veículos recuperados na cidade vem caindo nos últimos anos: foi de 35,9% em 2019 (312 devolvidos aos donos de 870 levados) e 16,3% em 2020 (102 restituídos ante 624 furtados ou roubados). Os dados parciais de 2021 são ainda piores: apenas 19 dos 196 carros, motos, utilitários e caminhões levados – que correspondem a 9,7% – foram recuperados pela polícia no 1º trimestre.

Domingo, 2 de Maio de 2021

Veja Também

Willian questiona atraso no repasse de recursos para ONGs de Sumaré

O presidente da Câmara de Sumaré, Willian Souza (PT), cobrou informações sobre o atraso no ...