Com 3,5 mil imunizados no Dia ‘D’, Sumaré chega a seis mil doses aplicadas

Ação de mobilização ocorreu no último sábado, no município; imunizante segue disponível em unidades básicas de saúde

Com um total aproximado de 3,5 mil doses aplicadas no último sábado (17), o Dia ‘D’ de vacinação contra a gripe foi uma força-tarefa para imunização do público-alvo da primeira etapa da campanha contra a Influenza no município, que inclui crianças (de 6 meses a 5 anos), gestantes, puérperas (mulheres em fase pós-parto) e trabalhadores da saúde. No total, desde o início da mobilização, quase seis mil pessoas já receberam a vacina.
Durante a semana, continua a vacinação de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, em todas as unidades de saúde – exceto nos “covidários” (unidades que atendem exclusivamente a casos suspeitos ou confirmados de Covid-19: USFs Veccon, Bordon II, Florely, Matão, Ypiranga). A Secretaria de Saúde orienta as famílias a evitarem aglomerações, indo sem acompanhantes à sala de vacina e respeitando o distanciamento social.
“No caso das crianças, é recomendado que apenas um adulto faça o acompanhamento. Todos devem seguir as medidas preventivas: usar máscara de proteção facial, álcool gel 70% para higiene das mãos e manter a distância segura entre as pessoas”, orientou o secretário de Saúde de Sumaré do município, Rafael Virginelli.
A gripe é uma infecção viral respiratória aguda e contagiosa, que afeta todas as idades, e pode levar a complicações graves e até ao óbito. É transmitida via tosse, espirro, no contato próximo entre as pessoas ou até por meio de superfícies contaminadas.
“A vacinação é a melhor forma de prevenção e redução das complicações relacionadas à doença. Por isso, procure a sala de vacina mais próxima da sua casa e faça a imunização”, ressaltou o prefeito Luiz Dalben (Cidadania).
A primeira das três etapas da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe teve início no último dia 12, em todo o Brasil. A dose imuniza protege contra os vírus Influenza A: H1N1 e H3N2 e B: Yamagata e Victoria. Inicialmente, segundo o Ministério da Saúde, a campanha deste ano vai até o dia 9 de julho.

PRÓXIMAS ETAPAS
Na segunda etapa da campanha, programada para 11 de maio, serão imunizados idosos com mais de 60 anos e professores; e na 3ª e última, que começa em 9 de junho, serão atendidos pacientes com comorbidades, pessoas com deficiência, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, portuários, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, servidores do sistema prisional, detentos e adolescentes sob medida socioeducativa.
A meta das prefeituras é vacinar ao menos 90% desse público. O Ministério da Saúde reforça que quem se vacinou contra a Covid-19, deverá aguardar 14 dias para tomar a dose contra a Influenza.

Terça-feira, 20 de Abril de 2021

Veja Também

Vereador cobra construção de ETE que deveria ter sido entregue em março

Requerimento de Tião Corrêa se refere à estação Tijuco Preto; BRK Ambiental informou que aguarda ...