Polícia Civil prende trio que aplicava golpe do conserto em telhados

Um dos suspeitos está intubado com Covid-19 e permanece sob escolta policial; outro foi preso e terceiro segue foragido

Três homens acusados de aplicar golpes em idosos foram identificados pela Polícia Civil. Um deles está intubado com Covid-19, no Hospital Regional de Piracicaba e permanece sob escolta policial. Outro foi localizado em sua residência em Piracicaba e o terceiro está foragido. A ação foi desencadeada nesta segunda-feira (19) pela Polícia Civil de Nova Odessa, durante a Operação Tamanduá.
O nome é uma referência ao estelionato aplicado pelos criminosos. Eles se ofereciam para fazer conserto no telhado e depois exibiam um pedaço de madeira já comprometido pelos cupins e enganava as vítimas, dizendo que o telhado estava condenado. Geralmente, as vítimas escolhidas pelos golpistas eram idosos.
“Eles já levavam o pedaço de madeira comprometido, que era exibido às vítimas. Simulavam que realizariam o conserto, que não era feito. Os investigados conseguiram levar altas quantias de R$ 6 mil a R$ 13 mil”, disse o delegado de Nova Odessa, Diego Bini.

A INVESTIGAÇÃO
Tal modalidade criminosa é bem antiga e nos últimos meses fez pelo menos dez vítimas em nova Odessa.
Após a identificação dos autores e formalização dos reconhecimentos, a autoridade policial titular de Nova Odessa representou junto ao Poder Judiciário pela prisão temporária dos envolvidos, bem como pela busca e apreensão em seus domicílios.
Na casa de um dos suspeitos, os policiais apreenderam três máquinas de cartão de crédito/débito, uniformes da empresa fictícia utilizados para dar credibilidade ao golpe, uma arma de airsoft (dispositivo de pressão com munição não letal), recibos de prestação de serviços, um aparelho de telefonia celular e o veículo, pelo qual foi identificado pelas vítimas. Um dos suspeitos foi encaminhado à Cadeia de Sumaré e outro permanece sob escolta policial. Até o fechamento desta edição, o terceiro investigado ainda não tinha sido localizado.
Após a formalização das prisões, o indiciado foi encaminhado à Cadeia de Sumaré, onde ficará à disposição da Delegacia de Nova Odessa para conclusão dos trabalhos.

Terça-feira, 20 de Abril de 2021

Veja Também

Irmãos são presos acusados de roubo

Dois irmãos acusados de roubarem uma moto no Parque Orestes Ôngaro, em Hortolândia, foram presos ...