RMC teve o melhor resultado para fevereiro em 17 anos

A RMC (Região Metropolitana de Campinas) gerou, em fevereiro, 13.658 postos de trabalho formais – o melhor resultado para o mês nos últimos 17 anos. Campinas respondeu pela criação de 4.692 destas vagas com carteira assinada, também o melhor resultado do mês para o mesmo período. Os dados foram divulgados pelo Departamento de Economia da Acic (Associação Comercial e Industrial de Campinas), com base nos dados do Caged.
Em relação aos últimos 12 meses, foram gerados 3.552 postos de trabalho na região, resultado de 369.717 admissões e de 366.165 demissões. Já em Campinas, o balanço dos últimos 12 meses é negativo, com 2.664 postos a menos, resultado de 148.414 admissões e as 151.078 demissões.
No período de março de 2020 a fevereiro de 2021 (últimos 12 meses), as cidades que tiveram os melhores resultados foram Monte Mor (7,02%), Morungaba (5,47%), Nova Odessa (5,12%) e Artur Nogueira (4,98%). Das 20 cidades que formam a RMC, seis apresentaram resultados negativos: Valinhos (-0,45%), Santo Antônio de Posse (-2,49%), Engenheiro Coelho (-0,79%), Campinas (-0,69%), Holambra (-0,43%) e Jaguariúna (-0,31%).
“Destaca-se em fevereiro de 2021 uma elevada geração de postos de trabalho na área de serviços, seguida pela indústria, construção civil, comércio e agropecuária. Os 13.658 postos gerados no mês, representam um crescimento de mais de 111% sobre fevereiro de 2020. Em Campinas, no mesmo período, os 4.692 postos representam um avanço de pouco mais de 186%”, informa o economista Laerte Martins, da Acic.

Domingo, 11 de Abril de 2021

Veja Também

PAT prorroga prazo de disponibilidade de 50 vagas

O PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de Sumaré prorrogou até o próximo dia 14 ...