Prefeitura de Sumaré entrega alimentos para famílias de estudantes da rede municipal

Retirada dos kits começou esta semana e ocorre mediante agendamento das famílias com os diretores das escolas

Com o objetivo de garantir uma alimentação adequada às crianças que têm na merenda escolar um complemento das refeições diárias, a Prefeitura de Sumaré iniciou nesta semana a distribuição de kits nutricionais para os alunos das escolas municipais e Proeb (Programa de Educação Básica). A retirada dos produtos ocorre de maneira previamente acordada entre os pais e diretores das unidades escolares, com datas e horários já estabelecidos, e atende todas as recomendações sanitárias e de proteção.
Em caso de dúvidas, os pais devem entrar em contato com a escola onde a criança está matriculada.
Todos os estudantes têm direito ao kit, porém, a prioridade de entrega é para os alunos cadastrados no programa Bolsa Família.
Os kits são compostos por arroz, feijão, macarrão, molho de tomate, óleo, leite, achocolatado em pó e biscoito. A distribuição da alimentação “in natura” nesse período de suspensão das aulas presenciais, em substituição à merenda escolar, ocorre tendo em vista que a refeição é um importante complemento alimentar principalmente para alunos integrantes de famílias em situação de vulnerabilidade. “A exemplo de como fizemos em 2020, queremos assegurar que os alunos que dependem da merenda escolar continuem recebendo essa importante alimentação, em forma de ‘kits nutricionais’. Sabemos que muitos alunos dependem da merenda escolas e queremos assegurar que esses estudantes continuem se alimentando com qualidade e dignidade, contribuindo para o desenvolvimento e formação deles. Trabalhamos para que nossos alunos se sintam acolhidos mesmo neste período difícil que estamos enfrentando”, destacou o prefeito Luiz Dalben (Cidadania).

SESI ARRECADA ALIMENTOS
As escolas do Sesi (Serviço Social da Indústria) em todo o Estado, inclusive a de Sumaré, localizada em Nova Veneza, viraram pontos de arrecadação de alimentos não perecíveis para distribuição a famílias em situação de vulnerabilidade social.
A arrecadação segue por tempo indeterminado, de segunda a sexta, das 8h às 16h. A distribuição dos itens para a população ficará por conta das ONGs que foram parceiras do Sesi no ano passado, quando foram entregues mais de nove milhões de refeições preparadas pela entidade em todo o estado – diariamente foram produzidas 230 mil refeições nas 110 cozinhas industriais das escolas do Sesi.
Sumaré, Hortolândia, Nova Odessa, Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Campinas e Indaiatuba contam com 12 postos de arrecadação.
A lista completa no estado pode ser conferida no site: www.sesisp.org.br/doealimentos.
Podem ser doados alimentos não perecíveis como arroz, feijão, macarrão, molho de tomate em conserva, farinha, açúcar, sal, milho, café, fubá, leite em pó e óleo.

Quarta-feira, 7 de Abril de 2021

Veja Também

PCJ sugere reservatório pré-fabricado para garantir água durante a estiagem

Em alerta emitido nesta segunda, consórcio também recomendou a municípios estímulo a cisternas e campanhas ...