José Nazareno Zezé Gomes se torna prefeito de Hortolândia nesta terça

Sessão de posse está marcada para 16h, na Câmara Municipal; vice assume após morte de Ângelo Perugini

A Câmara de Hortolândia convocou para as 16h desta terça-feira (6) a sessão extraordinária para posse do vice-prefeito José Nazareno Zezé Gomes (PL) como novo chefe do Poder Executivo, por conta do falecimento do prefeito Ângelo Perugini (PSD), na manhã da última quinta-feira (1º), em decorrência de complicações causadas pela Covid-19.
Em sessão extra realizada na tarde desta segunda (5) para analisar o projeto de decreto legislativo apresentado pela Mesa Diretora para formalizar a sucessão, o Legislativo local acabou declarando, sem votação, a extinção do mandato de Perugini e convocou o vice para posse.
“Em razão do falecimento do excelentíssimo senhor prefeito de Hortolândia, Ângelo Augusto Perugini, ocorrido às 10h15 do dia 1º de abril de 2021, por força do inciso 1º do artigo 377 do Regimento Interno, declaro extinto o mandato de prefeito, deste modo, convoco o substituto legal, o senhor José Nazareno Zezé Gomes, nós temos do parágrafo 2º do artigo 377, para tomar posse do cargo, na sede do Poder Legislativo, às 16h do dia 6 de abril”, afirmou o presidente da Câmara de Hortolândia, Paulo Pereira Filho, o Paulão (PL).
O projeto foi apresentado horas depois da morte de Perguni, mas não chegou a ser votado pelos vereadores. “Depois que o projeto de decreto legislativo foi protocolado, houve entendimento do Setor Jurídico da Casa de que não há necessidade de aprovação por parte da Câmara. O vice-prefeito assume automaticamente, no caso de vacância do cargo de prefeito.
O que o Legislativo vai fazer é a posse do vice na condição de prefeito, uma vez que ele havia tomado posse como vice junto com o prefeito em janeiro”, explicou o advogado e diretor financeiro da Câmara de Hortolândia, Adriano de Souza Pinto.
Segundo a Câmara, o Decreto Legislativo nº 222/2021, que concedeu a licença médica a Perugini em fevereiro, quando ele ainda estava internado, será revogado.

FALECIMENTO
Ângelo Perugini morreu na manhã da última quinta-feira, no Hospital 9 de Julho, em São Paulo, onde recebia tratamento intensivo desde o dia 3 de fevereiro. Prefeito de Hortolândia em quatro mandatos, Perugini testou positivo para o novo coronavírus no dia 1º e foi imediatamente internado no Hospital Samaritano, em Campinas.
O agravamento de seu estado de saúde motivou a transferência para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital paulistano, que é referência em atendimento de alta complexidade.
Ao todo, entre momentos de estabilidade, pequenas melhoras e pioras, foram 59 dias de internação. O quadro clínico do prefeito começou a se agravar no dia 24 de março e, na manhã de quinta-feira, a Prefeitura de Hortolândia informou a perda de algumas funções cerebrais.
A morte foi confirmada pela Administração Municipal às 10h15. Perugini, que deixou três filhas, foi sepultado na manhã de sexta-feira (2), no Cemitério Municipal de Jacutinga, no sul de Minas Gerais, em cerimônia restrita a familiares e amigos próximos.

Terça-feira, 6 de Abril de 2021

Veja Também

Mortes por Covid-19: Hortolândia volta aos dois dígitos após 12 dias

Depois de quase duas semanas com registro de mortes por Covid-19 abaixo dos dois dígitos, ...