Closeup of marketing expert using calculator. Person working with document at desk. Marketing concept. Cropped view.

Mais de 62,5 mil declarações do IR 2021 já foram entregues na região

Dados disponibilizados nesta quinta-feira (1º) apontam que 62.580 declarações do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física) 2021 foram entregues, em março, à Receita Federal por contribuintes e Hortolândia, Monte Mor, Nova Odessa, Paulínia e Sumaré. O número corresponde a 41% das 152,722 mil declarações previstas pelo órgão. O prazo atual, divulgado pela Receita, vai até o próximo dia 30. No entanto, a Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (31) a prorrogação da data-limite para 31 de julho. O projeto de lei ainda será analisado pelo Senado e, se aprovado, segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro.
Hortolândia lidera o ranking de declarações entregues com 44,2% do total previsto para o município, de 41.883 documentos. Em seguida, vêm Monte Mor, com 3.771 transmissões (42,4%); Sumaré, 22.751 (41,5%); Nova Odessa, 5.568 (39,1%); e Paulínia, com 11.969 declarações entregues (36,4%) até as 23h59min de quarta (31). No Estado, foram entregues 3.428.574 declarações. A Receita começou a receber a prestação de contas em 1º de março.
As restituições serão pagas cinco lotes. Caso não haja mudanças por conta de uma eventual prorrogação no prazo de entrega, os reembolsos serão distribuídos nas seguintes datas: 31 de maio (primeiro lote), 30 de junho (segundo lote), 30 de julho (terceiro lote), 31 de agosto (quarto lote) e 30 de setembro (quinto lote). O primeiro lote é destinado a prioridades: pessoas com idade superior a 60 anos (com prioridade para quem tem mais de 80 anos), pessoas com deficiência ou doença grave e professores.
Segundo a Receita, “a previsão de entrega de declarações em 2021 é semelhante à entrega realizada em 2020, com possibilidade de variação de 2% para mais ou 2% para menos. Em todo o Brasil, conforme projeção do órgão, são esperadas cerca de 32 milhões de declarações no prazo. Na região de Campinas, o número ultrapassa as 830 mil declarações e, no Estado de São Paulo, a estimativa é de 10,3 milhões de formulários.

QUEM DEVE DECLARAR:
• Contribuintes que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 em 2020 (valor é o mesmo da declaração do ano passado);
• Receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil em 2020;
• Cidadão que obteve, em qualquer mês de 2020, ganho na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
• Quem teve, em 2020, receita bruta em valor maior que R$ 142.798,50 em atividade rural;
• Contribuinte que tinha, até 31 de dezembro de 2020, posse ou propriedade de bens ou direitos de valor total superior a R$ 300 mil;
• Quem passou para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro de 2020;
• Pessoa que optou pela isenção do imposto incidente em valor obtido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda;
• Pessoas que receberam auxílio emergencial no ano passado e, além das parcelas, tiverem recebido R$ 22.847,76 ou mais em outros rendimentos tributáveis.
O programa para o preenchimento da declaração está disponível para download desde o dia25 de fevereiro, na página da Receita Federal na internet (https://www.receita.fazenda.gov.br).

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA EM 2021
Município:
Hortolândia
Previsão:
41.883
Entregues*: 18.521
%:
44,2

Município: Monte Mor
Previsão:
8.899
Entregues*: 3.771
%:
42,4

Município: Sumaré
Previsão:
54.828
Entregues*: 22.751
%:
41,5

Município: Nova Odessa
Previsão:
14.223
Entregues*: 5.568
%:
39,1

Município: Paulínia
Previsão:
32.889
Entregues*: 11.969
%:
36,4

Total
Previsão:
152.722
Entregues*: 62.580
%:
41

(*) Declarações entregues até as 23h59min59seg de 31 de março 2021

Sexta-feira, 2 de Abril de 2021

Veja Também

Pandemia provoca aumento no número de divórcios na região

Em Monte Mor, atos cresceram 66% em 2020; Sumaré, Nova Odessa e Hortolândia registraram altas ...