Região regride à fase laranja do Plano São Paulo a partir de segunda-feira

Todos os setores da economia seguem funcionando, mas com limite de 8h diárias e atendimento presencial até as 20 horas

A região de Campinas vai regredir da fase amarela para a laranja a partir de segunda-feira (1º). A 23ª reclassificação de regiões no Plano São Paulo de controle da pandemia foi anunciada nesta sexta-feira (26) e levou em consideração a piora nos índices de avanço do coronavírus e a taxa de ocupação de leitos no Estado. A região de Piracicaba avançou à fase amarela, enquanto Marília e Ribeirão Preto foram para a fase vermelha, com restrição total de comércios e serviços não essenciais, ao lado de Araraquara, Barretos, Bauru e Prudente.
Também regrediram para a fase amarela a Grande São Paulo e as regiões de Registro e Sorocaba, também abrangendo Franca, São José do Rio Preto, São João da Boa Vista e Taubaté. Araçatuba e Baixada Santista permanecem na fase amarela do Plano SP.
“Quero transmitir a minha solidariedade, como ser humano, como pai de família, a tantos que perderam seus parentes, seus amigos, seus colegas. Perdemos 251 mil vidas até a noite de ontem, das quais 59.129 em São Paulo. É a maior tragédia da história do país”, disse Doria. “A segunda onda está sendo potencialmente mais trágica que a primeira. Isso é um fato triste. Por isso, peço que todos que estão nos acompanhando em São Paulo sigam o toque de restrição e as orientações do Plano São Paulo. Não é razoável, nem há compreensão para aqueles que negam a gravidade da atual situação”, completou o governador João Doria.
Municípios em áreas de fase amarela podem permitir 40% de ocupação em academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, concessionárias, escritórios e parques estaduais, com expediente de até dez horas diárias para restaurantes e 12 horas para as demais. O atendimento presencial deve ser encerrado às 22h em todos os setores. Nos bares, as portas fecham mais cedo, às 20h. Eventos que geram aglomeração, como festas, baladas e shows continuam proibidos.
Desde a última reclassificação, no dia 19, na fase amarela a venda de bebidas alcoólicas em lojas de conveniência e restaurantes passa a ser permitida por mais duas horas, das 6h às 22h.

COMÉRCIO
O presidente da Acias (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré), Juarez Pereira da Silva, informou que a associação seguirá orientando seus associados sobre a importância de cumprir as medidas anunciadas pelo governo estadual.
“O cumprimento dos protocolos de saúde é extremamente importante para evitar a transmissão do coronavírus e garantir que o comércio continue funcionando da maneira mais segura possível. É preciso continuar usando máscara, álcool em gel, respeitar o distanciamento e a capacidade permitida nos estabelecimentos para garantir a segurança dos colaboradores e consumidores”, reforça Silva.

TOQUE DE RESTRIÇÕES
O toque de restrições das 23h às 5h, entrou em vigor na sexta-feira na região. Nesse período, o deslocamento da população está autorizado apenas a trabalho ou para serviços essenciais (hospital, farmácia etc.). O funcionamento é restrito a serviços de ordem essencial e delivery. A circulação de pessoas por outro motivo, assim como reuniões, festas, eventos ou qualquer tipo de aglomeração não é permitida. Das 5h01 às 22h59, agora valem as regras da fase laranja. As exceções na região são Hortolândia, Campinas e Valinhos, que adotaram regras da fase vermelha no período noturno. Nas duas primeiras cidades, as medidas mais restritivas valem das 21h às 5h. Já em Valinhos, das 20h às 6h.

REGRAS DE FUNCIONAMENTO
• Funcionamento de atividades permitido para todos os setores
• Proibição de atendimento presencial em bares
• Capacidade limitada a 40% de ocupação
• Funcionamento limitado a oito horas por dia
• Restrição de atendimento presencial até as 20h, em todos os estabelecimentos

Sábado, 27 de Fevereiro de 2021

Veja Também

Mortes por Covid-19: Hortolândia volta aos dois dígitos após 12 dias

Depois de quase duas semanas com registro de mortes por Covid-19 abaixo dos dois dígitos, ...