Restrição de circulação passa a valer a partir desta sexta-feira na região

Em Hortolândia, medida vale das 21h às 5h; demais cidades seguem decisão estadual e devem reduzir fluxo entre 23h e 5h

O toque de restrições entre 23h e 5h, anunciado da quarta-feira (24) pelo Governo do Estado, entra em vigor nesta sexta (26) na região e no Estado. Nesse período, o deslocamento da população está autorizado apenas a trabalho ou para serviços essenciais (hospital, farmácia etc). O funcionamento é restrito a serviços de ordem essencial e delivery. A circulação de pessoas por outro motivo, assim como reuniões, festas, eventos ou qualquer tipo de aglomeração não é permitida. Das 5h01 às 22h59, valem as regras da fase amarela. Uma das exceções é Hortolândia, que adotou regra mais restritiva, com restrição das 21h às 5h.
A aplicação da fase vermelha do Plano São Paulo no período noturno foi formalizado nesta quinta (25), por meio do Decreto Municipal 4.732, publicado no Diário Oficial Eletrônico do município. A partir desta sexta, fica proibido o atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais e a circulação de pessoas, entre 21h e 5h, até o dia 10 de março – a medida estadual vale até dia 14. Apenas hospitais, drogarias, além de casas de saúde, clínicas, laboratórios, prontos socorros e ambulatórios poderão realizar atendimentos presenciais.
No período das 5h às 21h valem as regras da fase amarela: o horário de funcionamento de todas as atividades não essenciais será de no máximo 12 horas diárias, contínuas ou alternadas, a critério do estabelecimento, com limite de funcionamento até as 21h, exceto bares e estabelecimentos semelhantes; e cultos de qualquer natureza que devem ser encerrados até as 20h. Hortolândia segue a orientação do Governo do Estado para a definição de restrições previstas no Plano São Paulo de Retomada Consciente.
Durante o horário da restrição de circulação, das 21h às 5h, os estabelecimentos podem oferecer os serviços por delivery (entrega). Já os serviços de “drive-thru” (retirada por veículo) e “walk-thru” (retirada presencial, a pé) estão restritos. A circulação de pessoas entre 21h e 5h só é permitida para empregados que estejam retornando do trabalho; trabalhadores dos serviços de delivery e usuários dos serviços de saúde.
O descumprimento do decreto implicará em penas previstas no artigo 112 da Lei nº 10.083, de 23 de setembro de 1998, que dispõe sobre o Código Sanitário do Estado de São Paulo, e inclui a possibilidade de multa ou advertência aos munícipes, e de interdição de estabelecimentos entre outras penalidades.

DENUNCIE
Situações de perturbação ao sossego e aglomerações podem ser denunciadas em Hortolândia e os infratores correm o risco de ser levados à delegacia. É possível denunciá-las, a qualquer hora do dia ou da noite, todos os dias da semana, pelos telefones 153 ou 0800-111-580.

Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2021

Veja Também

Mortes por Covid-19: Hortolândia volta aos dois dígitos após 12 dias

Depois de quase duas semanas com registro de mortes por Covid-19 abaixo dos dois dígitos, ...