GM autua três estabelecimentos e notifica 12 em operação em Sumaré

A Guarda Civil Municipal de Sumaré realizou nesse final de semana, em vários pontos da cidade, as “Operações Bar Legal” e “Saturação”. A blitz tem o intuito de fiscalizar o cumprimento do decreto estadual referentes às medidas restritivas do Plano São Paulo, além de coibir aglomerações em praças e a perturbação do sossego público. O resultado da ação ocorrida entre os dias 19 e 21 foi a notificação de 12 estabelecimentos comerciais e a autuação de três nas regiões do Matão e Maria Antonia. O órgão contou com o apoio da Romu (Ronda Ostensiva Municipal) e da Polícia Militar.
Assim como vem acontecendo desde o início do ano, as operações focam praças e principais avenidas comerciais. “As ações acontecem a qualquer momento e em todas as regiões, principalmente no período da noite, e são programadas de acordo com as denúncias recebidas pela corporação”, explicou a comandante Simone Nery.
As equipes plantonistas realizam as atividades de fiscalização referente às medidas restritivas específicas para enfrentamento à Covid-19, patrulhando vários pontos da cidade, especialmente aqueles que são alvo de denúncia pelos moradores.
“O objetivo dessa fiscalização é evitar aglomerações e barrar o avanço do contágio pela Covid-19. Durante a blitz, os fiscais de postura da GM reforçam as orientações sobre o cumprimento do decreto estadual e também da ‘Lei do Silêncio’, que diz respeito à poluição sonora, perturbação do sossego público, preservação da ordem e do bem-estar social. Nossa Guarda Municipal está sempre pronta para prestar o melhor serviço à população sumareense”, disse o prefeito Luiz Dalben.
A população pode colaborar registrando as reclamações e denúncias pelo 156 ou 3873-2656 (Guarda Municipal) e 190 (Polícia Militar).

Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2021

Veja Também

Marcelo Tomateiro morre aos 48 anos por complicações decorrentes da Covid

Referência no mundo do rodeio, na produção de tomate e no ramo imobiliário, empresário faleceu ...