Mais de três toneladas de objetos são recolhidas durante arrastão

A Secretaria de Saúde de Nova Odessa retirou do Jardim Santa Luiza, durante um arrastão realizado no último sábado (20), mais de três mil quilos de objetos que serviam de criadouros de larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus de doenças como dengue, zika e chikungunya. De acordo com a encarregada do Setor de Zoonoses da Prefeitura, a veterinária Paula Faciuilli, durante a atividade, 288 residências foram vistoriadas pelas equipes da Prefeitura. Apenas seis casas estavam fechadas e outras nove, desocupadas.
“O arrastão foi um sucesso. Foi possível retirar um caminhão lotado de objetos que serviam de possíveis criadouros. Um ponto positivo foi a não identificação de larvas do mosquito. Isso demonstra que, nessa região da cidade especificamente, não há risco eminente de proliferação do mosquito Aedes aegypti. Os materiais retirados auxiliam ainda mais esse importante trabalho preventivo”, avaliou Paula.
A encarregada do Setor de Zoonoses alerta e diz que é fundamental que a população dos demais bairros colabore, mantendo os quintais limpos e eliminando possíveis criadouros – em resumo, qualquer recipiente ou objeto inservível que possa acabar água limpa e parada. “A redução de criadouros ainda é o melhor método para se prevenir a proliferação de mosquitos e das doenças transmitidas por eles”, disse Paula, ressaltando que 80% dos criadouros são “domésticos”, ou seja, estão nas moradias das pessoas.
Na semana anterior, a Vigilância Epidemiológica do município havia confirmado os três primeiros casos positivos de dengue no município neste ano. Os munícipes que identificarem possíveis criadouros em terrenos baldios também devem comunicar o Setor de Zoonoses da prefeitura, pessoalmente ou por meio do telefone (19) 3466-3972.

Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2021

Veja Também

Marcelo Tomateiro morre aos 48 anos por complicações decorrentes da Covid

Referência no mundo do rodeio, na produção de tomate e no ramo imobiliário, empresário faleceu ...