Mais de 8 mil pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19 no estado de São Paulo

O governo de São Paulo vacinou 8.378 pessoas contra Covid-19, até às 20h40 desta terça-feira (19/01). Ontem, o governo paulista lançou o “Vacinômetro”, ferramenta digital, desenvolvida em parceria com a Prodesp, que permite a qualquer pessoa acompanhar em tempo real o número de vacinados no estado.
O “Vacinômetro” está disponível no portal do governo de São Paulo (https://www.saopaulo.sp.gov.br/).
Ontem, a vacinação começou no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e Marília e no Hospital de Base de São José do Rio Preto. A imunização já havia começado no HC da Capital, de Botucatu e no Hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas.
No decorrer desta semana, as 645 cidades receberão seus quantitativos iniciais. Diariamente, a secretaria divulgará os próximos destinos e quantitativos, dando transparência aos estoques previstos para cada local.
Neste primeiro momento, profissionais de saúde, idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência vivendo em instituições de longa permanência, indígenas aldeados e quilombolas receberão as doses, com o apoio de equipes da atenção primária do SUS, segundo as estratégias adequadas ao cenário local.
Estes públicos são prioritários considerando os critérios de exposição de infecção e risco para agravamento ou óbito pela doença. A inclusão de novos grupos populacionais será norteada pelo PNI (Programa Nacional de Imunizações), do Ministério da Saúde.

Região tem 2 novas mortes e número de óbitos chega a 714
Com dois novos óbitos, o número de mortes causadas pela Covid-19 nas cidades da região (Sumaré, Hortolândia, Paulínia, Monte Mor e Nova Odessa) chegou a 714. No total, são 25.629 casos confirmados da doença.
Os novos casos foram registrados em Nova Odessa e Paulínia. Hortolândia tem até o momento 194 óbitos e 6.928 casos confirmados da doença. Já Monte Mor soma 50 óbitos e 2.026 casos confirmados. Em Sumaré, até o fechamento desta edição a prefeitura não havia atualizado o boletim epidemiológico. A cidade tem 304 óbitos e 8.958 casos confirmados. Com o novo óbito registrado em Paulínia, o número de mortes causadas pela Covid-19 chegou a 97. A cidade tem 5.585 casos confirmados da doença. De acordo com as informações do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus de Paulínia, o 97º óbito refere-se a uma mulher de 61 a nos, com antecedente de doença renal crônica. Ela apresentou os sintomas respiratórios no dia 6 de janeiro e foi internada em hospital da rede privada de Campinas no dia 12. A paciente faleceu no último dia 14.
A 69ª vítima fatal do coronavírus em Nova Odessa é um idoso de 77 anos, morador do Jardim Monte das Oliveiras. Ele estava internado na UR (Unidade Respiratória) do Jardim Alvorada, onde faleceu na segunda-feira, dia 18 de janeiro. De acordo com as informações divulgadas pela prefeitura, além do registro de mais um óbito, a Vigilância Epidemiológica confirmou mais 82 casos positivos de contaminação de moradores de Nova Odessa pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. Com isso, o número total de positivos subiu para 2.121 na cidade desde o início da pandemia, em março de 2020.

Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2021

Veja Também

Guardas de Sumaré fazem avaliação para renovação de porte de arma

Avaliar o conhecimento e as técnicas dos agentes de segurança pública. Com essa finalidade a ...