Multinacional Suíça aposta na região

A fabricante de tornos automáticos do tipo suíço e máquinas de múltiplos eixos, Tornos Group, da Suíça prevê para 2021 a inauguração de um showroom em Campinas. A antecipação de projetos, como o investimento imediato na criação de um espaço dedicado aos clientes, parceiros e com foco para treinamentos é um dos reflexos positivos de seu retorno ao Brasil. “No showroom ficarão as principais máquinas, como a DT-26 e a Swiss Nano 7, que estarão em completo funcionamento”, diz a diretora das Operações no país, Naiane Nunes. A inauguração está prevista para o primeiro semestre de 2021.
A antecipação de projetos se deve aos bons resultados do retorno da companhia ao Brasil, que mesmo em um ano atípico superou as expectativas. Na avaliação de Naiane Nunes, a empresa foi muito bem recebida pelos clientes e indústrias interessadas nos maquinários. “É em tempos imprevisíveis que encontramos forças não apenas para continuar a jornada, mas para criar novas oportunidades e possibilidades para um novo futuro. Posso afirmar que, neste primeiro ano de retorno, nossos clientes se sentiram mais seguros e assim pudemos engajar em tempo real, além de estreitar os laços e receber feedbacks. Nosso objetivo é estar cada vez mais próximo deles, afinal existem muitas máquinas da Tornos em operação no país”, diz.
Com equipe nacional para as operações, vendas e assistência técnica, a companhia aponta que o mercado brasileiro se mostra muito próspero para investimentos nos mais diversos segmentos. “Todas as máquinas do portfólio estão disponíveis para os clientes brasileiros. Desde as de monofuso até as de multifusos. A empresa optou por iniciar com modelos que possam atender logo de imediato as necessidades dos clientes e de acordo com o perfil do mercado nacional, mas também pretende trabalhar outras gamas”, explica.
Uma dessas gamas é o segmento automobilístico, em que a Tornos Group oferece máquinas e ferramentas que atuam na produção de componentes, como o pistão de bomba diesel, o eixo de motor de arranque e os espaçadores. Há também o ramo eletrônico destinado aos componentes de antenas wifi, pinos macho/fêmea para conectores elétricos, entre outras finalidades. No segmento agrícola, estão os maquinários para a produção dos gotejadores de irrigação do plantio, os componentes para o sistema de pulverização e também dos alimentadores automáticos de granjas.
Outra área atendida pela multinacional é a dental, que possibilita a produção de componentes tanto mais simples, como os parafusos, até os mais complexos, como os implantes angulados. Na parte da medicina, a companhia atende as demandas que se referem aos parafusos para enxertos, bem como os pinos e hastes de fixação. “São máquinas e equipamentos de alta precisão, qualidade e repetibilidade, que permitem o desenvolvimento de uma vasta gama de produtos”, frisa.

Sábado, 9 de Janeiro de 2021

Veja Também

Prazo para recorrer de auxílio-doença negado acaba hoje

O segurado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que teve o auxílio-doença negado em ...