Morro vence o Águia nos pênaltis e é campeão da Copa Armis de Futebol

Foi suado, no sufoco, da forma que as grandes decisões exigem. O Morro venceu o Águia nos pênaltis por 5 a 3, após empate de 1 a 1 no tempo regulamentar na manhã do domingo (20/12) e levou o título de campeão da Copa Armis de Futebol Amador de 2020. O meio-de-campo, Matheus Simão fez para o Morro e Diegão empatou para o Águia.
Foi uma decisão digna das grandes decisões. Um ótimo jogo, com jogadas lindas e outras mais ríspidas, rodinhas em cima da arbitragem, catimba no melhor estilo argentino, lindas jogadas e oportunidades perdidas, defesas sensacionais de ambos os goleiros, uma final que fechou o magro calendário de 2020 com chave de ouro.
Como eram esperados, os meios-de-campo, Moradei do Águia e Matheus Simão do Morro, foram os destaques da partida. Através de ambos saíram às principais e as mais verticais das jogadas.
Moradei, com sua canhota de ouro fez uma belíssima jogada no primeiro tempo, recebeu a bola, mesmo com a forte marcação fez uma primorosa assistência na medida, surpreendendo o goleiro Rômulo e seus zagueiros, livre de marcação, Arábia cabeceia por cima do travessão, seria um golaço e o Águia sairia na frente do marcador.
Morro tinha Matheus Simão, com sua genialidade criava as ações ofensivas e acelerava a transição com o ataque. Aos 35 minutos, o Morro abre o placar justamente com Simão, Robinho inicia a jogada no seu campo de defesa, Simão recebe e se livra da marcação do João Pedro, avança e chuta, bola bate no zagueiro e sobra para Edvander que toca para trás, Simão solta o pombo sem asas estufando a rede do goleiro Eduardo Alves. Morro 1 a 0.
No segundo tempo, o Águia, faz mudanças, as entradas do meio-de-campo Leandro Lougan e do ala Rodrigo Ninja deram mais intensidade ao jogo ofensivo do time do Jardim Londres. Morro retornou com o mesmo esquema tático, entretanto teve que recuar sua linha de marcação reposicionando os seus médios-volantes para auxiliar os zagueiros. Os Guerreiros do Morro empatam a partida na jogada bem trabalhada, João Pedro faz o desarme e passa para Moradei, o canhota de ouro, pelo lado do campo cruza, Negueba livre de marcação domina e toca para o artilheiro Diegão soltar o pombo sem asas, indefensável para o goleiro Rômulo. 1 a 1. Mesmo com toda a volúpia que ambos os times tiveram para buscar a vitória no tempo regulamentar o confronto final terminou empatado e a decisão foi para os tiros penais. Leandro Lougan que entrou bem na partida cobrou o primeiro pênalti para o Águia, o goleiro Rômulo, como o gato do Fantástico fez uma linda defesa, na sequência não houve mais desperdício, com isso Tom cobrou o último pênalti e decretou a vitória e o título de campeão para o Morro.
Morro foi de fato o campeão da Copa Armis 2020, mas podemos afirmar que o belo futebol do time do Águia agradou a todos que acompanharam a competição, com o empate no tempo regulamentar terminou de forma invicta. Ambos os times repletos de bons jogadores proporcionaram uma decisão que será lembrada pelo alto nível técnico dos dois elencos.

Sábado, 9 de Janeiro de 2021

Veja Também

Grêmio Santiago enfrenta o Juventus da Baixada nas oitavas de final da Copa das Quebradas

O Grêmio Santiago enfrenta o Juventus da Baixada, time da cidade de Campinas, em jogo ...