Juventude Denadai sofre virada nos minutos finais e perde do Nóbrega

Juventude Denadai saiu na frente, fez uma boa partida, comandou as principais ações ofensivas, sofreu o empate e nos minutos finais no vacilo dos zagueiros, sofreu a virada para o Nóbrega em Campinas pela terceira rodada da Copa Armis.
O duelo foi bastante truncado. O Juventude armou uma forte defesa e saia rápido para o ataque. O Nóbrega nos primeiros minutos conseguiu impor o seu jogo, teve duas ótimas chances de abrir o placar, em uma delas com um belo arremate de fora da área, que obrigou o goleiro Derisvaldo espalmar para a linha de fundo.
O Juventude Denadai foi se ajustando na partida, o meio-de-campo Samuel assumiu a criação das jogadas dando dinâmica ao jogo ofensivo, fazendo que os atacantes passassem a dar trabalho aos zagueiros do Nóbrega. Aos 17 minutos, em uma bela jogada de Samuel, o atacante do Juventude sofre falta na entrada da área, Samuel, executa a cobrança, com efeito, bola ganha altura e de repente uma caída surpreendendo o goleiro Taffarel, que deixou passar entre as pernas. Juventude Denadai 1 a 0.
O Nóbrega sente o revés e demora a se encontrar em campo, muitos passes errados e arremates sem objetividades facilitam o jogo do time de Sumaré, que passa dominar a posse de bola e chegar com perigo na meta do goleiro Taffarel, que se redimiu com belas defesas evitando o segundo gol do Juventude Denadai.
Aos 37 minutos, próximo do final do primeiro tempo, o Nóbrega trabalha bem a jogada pela lateral do campo, cruzamento e feito na área, zagueiro do Juventude ao tentar o cabeceio perde o tempo da jogada e acaba subindo na costa do adversário o impedindo que disputasse a lance, pênalti assinalado pelo árbitro da partida. Áquila com categoria cobra com perfeição não dando chance de defesa ao goleiro, 1 a 1.
No segundo tempo, o técnico Fabrício Henrique, troca o lateral esquerdo, saindo Valtério, entrando Gabriel dos Santos, com essa modificação o time ganhou mais velocidade neste lado do campo, Gabriel passou a jogar como um ala ofensivo, dando mais opção ofensiva para o meio-de-campo Samuel articular.
Nóbrega voltou com a mesma formação, entretanto com o adversário se apresentando bem pelo lado esquerdo, o técnico Flávio Luis Soares, aos 10 minutos faz duas alterações, tira os meios de campo Everton e Willian, colocando Vitinho e Joãozinho, com os dois em campo, o jogo ganha equilíbrio e posse de bola passa ser a mesma para ambos os times.
O Juventude Denadai sempre pelos lados do campo chega com perigo a meta adversária. Em uma dessa chegada a bola é alçada na área a defesa não consegue interceptar e o atacante cabeceia a queima roupa, o goleiro Taffarel faz milagre espalmando a bola para linha de fundo.
Não demora muito, em outra jogada pelo franco do campo em novo cruzamento na área o atacante do Juventude Denadai se antecipa aos zagueiros e cabeceia no canto esquerdo inferior da meta obrigando Taffarel a fazer outro milagre, desta vez segurando e ficando de posse da bola.
Já próximo ao final da partida, aos 39 minutos, numa bobeira total da zaga do Juventude Denadai, que ficaram parados e olhando a bola passar entre eles, Vitinho, oportunista se apresentou livre de marcação, pegou a bola já dentro área adversária deu dois passos e soltou o pombo sem asas, gol da virada, Nóbrega 2 a 1.
O Juventude Denadai ainda tentou buscar o empate nos seis minutos de acréscimos, mais esbarrou no ferrolho suíço que o Nóbrega armou para segurar o resultado. Fim de papo, vitória do Nóbrega, para a alegria da sua torcida que compareceu e fez uma bonita festa na Praça de Esportes Maria Mãe do Povo.

Sábado, 28 de Novembro de 2020

Veja Também

Morro vence o Águia nos pênaltis e é campeão da Copa Armis de Futebol

Foi suado, no sufoco, da forma que as grandes decisões exigem. O Morro venceu o ...