Guarda de Hortolândia fica ‘de olho’ em aglomeração e excesso de barulho

Às vésperas de mais um feriado prolongado em razão do Dia da Consciência Negra, nesta sexta-feira (20/11), a GCM (Guarda Civil Municipal) de Hortolândia alertou para a realização de uma nova etapa da “Operação Saturação”, em conjunto com o Setor de Fiscalização da Prefeitura. A iniciativa contribui para evitar a disseminação do novo coronavírus no município. A operação acontece da noite desta quinta-feira até domingo (19 a 22/11).
A ação, que acontece semanalmente desde março deste ano, sempre aos finais de semana, visa orientar e conscientizar a população, coibindo casos de aglomeração de pessoas e perturbação de sossego, em espaços públicos e privados.
No último final de semana, a corporação atendeu a 17 ocorrências deste tipo, índice considerado um dos mais baixos verificados até o momento. A cidade acumula, de janeiro até a última segunda-feira (16/11), o total de 2.847 ocorrências ligadas à perturbação do sossego e aglomeração de pessoas, segundo a Secretaria de Segurança.
Muito embora Hortolândia esteja na “fase verde” do Plano São Paulo, de reabertura gradual e consciente das atividades, é proibida a realização de eventos que causem risco à saúde pública e perturbem o sossego alheio, a qualquer hora do dia.
Situações de perturbação ao silêncio e aglomerações podem ser denunciadas e os infratores correm o risco de ser levados à delegacia. É possível denunciá-las, a qualquer hora do dia ou da noite, todos os dias da semana, pelos telefones 153 ou 0800 011-1580. Segundo a Secretaria de Governo, a multa para quem organiza festa clandestina chega a até R$ 5.000,00, segundo as leis de perturbação do sossego, e o local da confraternização poderá ser lacrado.

Sexta-feira, 20 de Novembro de 2020

Veja Também

Nova Odessa promove ‘drive thru’ para descarte de material reciclável

A Prefeitura de Nova Odessa vai funcionar como ponto de coleta de materiais recicláveis no ...