Polícia Civil incinera 360 kg de cocaína pura em São Pedro

Policiais civis da 2ª Dise/ Deic (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes da Divisão Especializada de Investigações Criminais) incineraram quase R$ 11 milhões em cocaína pura, na manhã desta quinta-feira (19), em uma empresa não informada em São Pedro. Cerca de 360kg da droga foram apreendidas no último sábado (14), após a queda de uma aeronave (avaliada em R$ 1,5 milhão), em uma área próxima à Rodovia Geraldo de Barros (SP-304), em São Pedro (SP). O piloto era o empresário paraibano Marcelo Gonzaga, filho de um ex-senador daquele estado morreu.
Naquela ocasião, o delegado da Deic, Wilson Lavorenti, disse que pela análise prévia do local, não conseguiu identificar combustível nas imediações, possivelmente o avião sofreu uma espécie de pane seca e caiu.

EM NOVA ODESSA
Cerca de 304 quilos de crack, maconha e cocaína foram incinerados em uma empresa em Nova Odessa, cuja localização não foi informada, na tarde de 22 de outubro. Os entorpecentes foram apreendidos em ações da GCM (Guarda Civil Municipal) e das Polícias Civil e Militar.
A ação foi coordenada pela Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) de Limeira. Também foram queimadas mais 46 kg de substâncias utilizadas para “batizar” a droga. Os entorpecentes ficaram guardados por alguns meses e só depois de autorização judicial, puderam ser incinerados.

Sexta-feira, 20 de Novembro de 2020

Veja Também

Entregador sofre atentado e é baleado na perna em Sumaré

Um entregador de 35 anos foi baleado na perna, após conseguir escapar de um atentado, ...