Angelo Perugini do PSD fala sobre desafios do seu novo mandato, o 4º em Hortolândia

Atual prefeito recebeu 53.225 votos, o equivalente a 52,05% do total, e ficou muito à frente do 2º colocado

A área de cobertura do Jornal Tribuna Liberal viu serem reeleitos os três prefeitos na disputa – os de Sumaré, Paulínia e Hortolândia. Reeleito nas Eleições Municipais do último domingo (15/11) para o mandato 2021-2024 – o quarto de sua trajetória política à frente da Prefeitura de Hortolândia –, Angelo Perugini (PSD) obteve 53.225 votos, o equivalente a 52,05% do total de votos válidos da cidade, ficando bem à frente do segundo colocado, Dr Gorge Burlandy, que obteve 17.996 votos (17,60%).
“Recebi com muita gratidão, carinho e humildade a renovação da confiança da população de Hortolândia no projeto que estamos construindo nos últimos anos. Essa confiança aumenta minha responsabilidade de fazer um governo muito melhor para os próximos anos”, agradeceu o mandatário mais experiente da região no dia seguinte à vitória.
Perugini disse crer que um dos fatores para a vitória “é a harmonia entre meu jeito simples de ser e da forma como a população se identifica com esses valores de trabalho, fraternidade, esperança e fé que podemos ser melhores a cada dia”.
“Além disso, são fundamentais os acertos administrativos que tivemos ao chegar na Prefeitura em 2017, apesar da crise pela qual passava o país, nós arregaçamos as mangas, equilibramos as despesas, buscamos recursos e começamos as obras de integração que resultaram na geração de emprego, renda e atração de investimentos”, apontou.
Para o prefeito, nos últimos meses, a pandemia fez a cidade “reduzir o ritmo” para conter o avanço da doença e proteger vidas. “Mas nossa atuação e o comprometimento da nossa população fez de Hortolândia um município resiliente e que segue em desenvolvimento mesmo diante das dificuldades. Então essa vitória nas eleições é reflexo da união de um projeto de cidade inteligente e inovadora com uma mentalidade positiva e empreendedora da nossa população”, ponderou.
Para 2021 – que ainda deve ser bastante impactado pela pandemia –, Perugini avalia que cabe ao poder público seguir investindo para a retomada da Economia e executando um planejamento que contemple a modernização dos serviços de Saúde, Educação e Segurança, além da formação dos trabalhadores para as novas formas de trabalho e possibilidades de empreender neste novo cenário que o pós-pandemia está apresentando.

PRIORIDADES
“Nossa prioridade é a conclusão das obras que estão em andamento, como a reforma do nosso hospital com a ampliação do número de leitos dos atuais 67 para 100 leitos, a instalação do tomógrafo, a construção da nova recepção que se somam aos leitos de UTI que já entregamos nos começo do ano. Temos também a conclusão da troca da iluminação pública das lâmpadas de vapor de sódio para o LED, já executamos mais 50% do projeto e vamos, no ano que vem, colocar 100% das luzes em LED na cidade. Vamos acelerar outras obras de mobilidade e integração como a do viaduto sobre a linha férrea na Vila Real. E seguir com as políticas de atração de investimentos para geração de emprego e renda e melhoria da qualidade de vida da nossa população”, acrescentou o reeleito.
Por fim, Perugini deixou “uma mensagem de otimismo” à população hortolandense. “Que as pessoas se inspirem nos sonhos e projetos que estamos realizando em Hortolândia pois nós já temos recursos para obras de integração e que juntos vamos fazer uma cidade desenvolvida e com mais qualidade de vida para a população”, finalizou.

CONHEÇA
O mineiro Angelo Augusto Perugini nasceu em Jacutinga, é formado em Teologia, Filosofia e Letras e chegou a Hortolândia em 1981, quando a cidade ainda era um distrito de Sumaré. Participou de movimentos sociais e foi vereador eleito em 1988. Lutou pela emancipação de Hortolândia, conquistada em 1991. Foi eleito vice-prefeito em 1996 e prefeito em 2004, sendo reeleito em 2008. Em 2014. foi eleito deputado estadual, e novamente prefeito em 2016.

Terça-feira, 17 de Novembro de 2020

Veja Também

BRK Ambiental adota novo sistema de desinfecção na ETA I para enfrentar a crise hídrica

Tecnologia faz parte do plano de contingência para manter a qualidade da água Tecnologia faz ...