São Paulo - Alunos das Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) participam da 10ª Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (Feteps), no Centro de Eventos Pro Magno (Rovena Rosa/Agência Brasil)

1.300 escolas da Rede Estadual de São Paulo retomam atividades presenciais

Até o início da próxima semana, 1.300 escolas da Rede Estadual de Ensino de São Paulo localizadas em 219 municípios paulistas vão retomar as atividades presenciais. As aulas para os alunos do Ensino Fundamental foram autorizadas pelo Governo de São Paulo desde a terça-feira (03/11). Do total das unidades que optaram pelo retorno, 500 estão na capital. Juntas, as 1.300 unidades devem atender cerca de 400 mil alunos.
“A escola organiza seu plano com seus estudantes, com a sua comunidade para a atividade de retorno respeitando sempre todos os protocolos. Sem eles, nós não autorizamos as atividades. Estamos dando passos vagarosamente, mas com segurança. Temos tido sucesso neste retorno, porque não tivemos nenhum caso de transmissão de Covid-19 dentro das nossas escolas. Fazemos acompanhamento e monitoramento desses dados”, afirmou o secretário da Educação Rossieli Soares, que esteve na Escola Estadual Milton Rodrigues na manhã da terça-feira.
A retomada opcional das aulas regulares presenciais escalonadas ocorre desde o dia 07 de outubro para alunos do Ensino Médio e da modalidade EJA (Educação para Jovens e Adultos). Mas o retorno, entretanto, está condicionado à autorização dos prefeitos de cada um dos 645 municípios paulistas.
As prefeituras são autônomas para decidir se vão ou não acompanhar o cronograma estadual. Os municípios podem adotar calendários mais restritivos, de acordo com dados epidemiológicos locais.
A reabertura deve respeitar limites máximos de alunos e protocolos sanitários. Nas redes Privadas e Municipais, a Educação Infantil e os anos iniciais do Ensino Fundamental podem ter até 35% dos alunos por dia em atividades presenciais. Para os anos finais dos Ensinos Fundamental e Médio, o limite máximo é de 20%. Na Rede Estadual, só é permitido o atendimento de até 20% em todas as etapas.

Quarta-feira, 4 de Novembro de 2020

Veja Também

Hortolândia entrega mais de 162,3 mil kits de alimentação a alunos municipais

A Prefeitura de Hortolândia iniciou na segunda-feira (1º/12) a distribuição da oitava e última remessa ...