Supermercados do Estado de S. Paulo continuam contratando, aponta Apas

Em setor de grande diversidade de gênero, mulheres lideram as contratações em seis dos oito meses de 2020

Em agosto, o Varejo Alimentar paulista criou 2.215 vagas – número 78,7% superior ao mesmo mês em 2019 (quando foram abertas 1.239 oportunidades de trabalho pelo setor de supermercados). A Apas (Associação Paulista de Supermercados) destaca que a geração líquida de emprego formal até agosto não era tão boa desde 2014. Com o resultado mensal, o saldo atual do setor é de 1.069 novas vagas (já descontando as demissões e vagas fechadas).
Entre os canais de compra que mais contrataram em agosto está o atacado, com 843. Em segundo, os minimercados (654), seguido por supermercados (555) e, por último, os hortifrutigranjeiros, com 163 vagas. A Apas destaca que, em seis dos oito meses de 2020, o número de mulheres contratadas foi superior ao de homens. Atualmente, elas representam 47% dos empregos. O Setor Varejista Alimentar emprega mais de 548 mil em todo o Estado.
Em agosto, os supermercados em todo Brasil criaram 5630 vagas. O Estado de São Paulo ficou em primeiro lugar, representando 39,3% dos empregos. “Os números são bons para o setor que durante a pandemia precisou criar os próprios protocolos de segurança e contratar colaboradores fora do grupo de risco para prestar um serviço essencial para a população. Os supermercados devem contratar ainda mais de agora para o fim do ano, é um movimento natural do setor”, explica o presidente da Apas, Ronaldo dos Santos.
A Pesquisa de Emprego dos Supermercados apura mensalmente o comportamento do emprego no setor supermercadista através de dados do Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego. São coletados dados sobre a Admissão, Demissão, Saldo Mensal e Saldo Total de funcionários ligados à atividade supermercadista, e os indicadores apontam a evolução e o comportamento do setor ao longo do tempo.

PLATAFORMA
Recentemente, em setembro, a Associação Paulista de Supermercados havia firmado parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo para o lançamento da plataforma online “Meu Emprego Vaga Certa”, criada para ampliar as oportunidades de cidadãos em busca de trabalho e facilitar o processo de contratação pelas empresas.
O projeto é gratuito e já conta com centenas de vagas publicadas, muitas delas na região de Campinas (que inclui Sumaré, Hortolândia, Monte Mor, Nova Odessa e Paulínia). No “Meu Emprego Vaga Certa”, as empresas têm acesso a uma série de informações relevantes dos candidatos. É possível buscar profissionais por região, profissão e experiência, além de outras opções de filtros. Dessa forma, a empresa seleciona o perfil desejado e entra em contato diretamente com o participante para o processo seletivo.
A Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade tem aproximadamente 1.500 associados, que somam cerca de 4.000 lojas. Atualmente, o setor conta com mais de 547 mil colaboradores. Vale ressaltar que 27,8% do faturamento do segmento supermercadista no país vêm de São Paulo e aproximadamente 1,44% do PIB brasileiro vem do Varejo Alimentar paulista.
Em 2019, o faturamento do setor foi de R$ 105 bilhões. O setor varejista alimentar é considerado a porta de entrada do primeiro emprego. Recente pesquisa da Apas apontou ainda que, do número de pessoas que têm sua primeira carteira assinadas no Brasil, 20% está em São Paulo e em supermercados – o dobro dos demais setores do Brasil.

Sexta-feira, 16 de Outubro de 2020

Veja Também

Mulher de 37 anos é 40ª vítima do coronavírus em Monte Mor

Região chegou a 569 óbitos; com 116 positivos desde sábado, marca dos 17,1 mil casos ...