Hortolândia tem novo óbito por Covid e soma 154 mortos; região sobe a 567

A Prefeitura de Hortolândia confirmou na quinta- -feira (15/10) a 154ª morte causada pelo novo coronavírus na cidade, elevando o total de óbitos na região a 567 desde o início da pandemia. A vítima fatal do vírus é um homem de apenas 54 anos, com outras comorbidades (doenças ou condições de saúde que são fatores de risco para casos graves de Covid-19), que faleceu na própria quinta-feira no Hospital Metropolitano de Campinas. A cidade tem ainda 4.354 casos positivos da doença.
Foram registrados também mais 43 casos positivos de infecção pelo novo coronavírus em 24 horas, elevando o total de contaminados na região formada pelas cinco cidades da área de cobertura do Jornal Tribuna Liberal a 16.957 – aproximando-se da marca de 17 mil testes positivos.
Sumaré teve ontem o maior número de positivados em 24 horas: 14. A cidade chegou assim a um total de 6.377 contaminados, e segue com o maior número de casos positivos da microrregião, além da maior incidência de óbitos (de 87,45 mortes pela Covid-19 para cada 100 mil moradores).
A maior incidência de casos dentre as cinco cidades ainda é de Paulínia (3.405,10 positivos para cada 100 mil pessoas), muito em função da maior quantidade de testes realizados. Nova Odessa tem a menor incidência de casos positivos (1.537,21 por 100 mil), e Monte Mor, a de óbitos (65,25).

ESTADO E PAÍS
O Estado de São Paulo chegou na quinta-feira a 1.051.613 casos confirmados e 37.690 óbitos pelo novo coronavírus. Do total de positivos, 934.547 pessoas estão recuperadas, mas 7.672 continuam internadas, das quais 3.343 em UTIs – cuja taxa de ocupação é de 41,9%. Entre as vítimas fatais estão 21.686 homens e 16.004 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 76,4% das mortes.
O painel online do Ministério da Saúde apontou ontem totais de 5.169.386 casos positivos no Brasil todo (sendo 28.523 nas últimas 24 horas), além de 152.460 óbitos (713 a mais que no dia anterior). As incidências nacionais já são de 2.459,9 casos e 72,5 mortes para cada 100 mil residentes no país.

Sexta-feira, 16 de Outubro de 2020

Veja Também

Estado de São Paulo tem menores taxas de casos e vítimas de homicídio do país

A efetividade do trabalho das polícias paulistas, especialmente desde o início da nova gestão, foi ...