E.C. Amizade, oque o futebol une ninguém separa!

OEsporte Clube Amizade é um clube de futebol não profissional da cidade de Sumaré, interior paulista. Criado em 1988 com a missão do de proporcionar um ambiente que promova o convívio social, em especial das famílias e amigos, por meio de lazer e prática do esporte bretão.
O EC Amizade teve sua origem como time de futebol para entreter amigos e familiares, Seu Sergio, pai (in memoria), Dona Lecy, mãe (in memoria) e o filho Luciano, família Jorge, são os idealizadores e considerados os fundadores do clube. O filho Luciano, com a perda dos pais deixou Sumaré e foi morar em Bauru.
A união agregada à amizade dos familiares e dos amigos deu origem ao nome do time: Esporte Clube Amizade. No início o time se limitava em fazer amistosos aos fins de semana. Com o passar do tempo o time oriundo do Jardim São Domingos localizado em frente da Rodoviária, passou a disputar os torneios, festivais e campeonatos de bairros.
O ponto de encontro e as reuniões inicialmente eram na casa do Seu Sergio. Dona Lecy, sempre proporcionava a famosa jantinha para turma do futebol, até refrão de música ela ganhou, “Inha, inha, hoje tem jantinha”. Seu Sergio, Mala, Itamar, Fungos. “Foram momentos inesquecíveis, quando lembramos, caímos nas risadas”, conta Ironildo.
Hoje a rapaziada do time se reúne no campo da antiga Soma, próximo ao Jardim São Domingos, onde a equipe realiza seus amistosos e ultimamente também sua pré-temporada visando à participação do clube no Campeonato Amador de Sumaré, Terceira Divisão.
São mais de três décadas de futebol e amizade, gerações em gerações, neste período muitos jogadores e personalidades contribuíram para o engrandecimento da história do EC Amizade, entre eles citamos: Fungos, Maurício, Pinduca, Biano, Hélio, Mazinho, Basílio, Iro, Itamar, Gilmar, Osni, Mala, Raxid, Cidão e claro, a família Jorge.
São muitas taças e troféus conquistados nas inúmeras participações do clube nos torneios e festivais de bairros, hoje, a equipe busca conseguir o acesso para a Segunda Divisão e depois chegar à elite do futebol não profissional de Sumaré.
Na temporada passada o acesso bateu na trave. Time ficou em primeiro em seu grupo na primeira fase. Na oitavas de final empatou em 1 a 1 com o União Santa Clara, se classificou por ter melhor campanha, no jogo do acesso, pelas quartas de final, novo empate em 1 a 1 com o União Amizade, que ficou com a vaga ao vencer a disputas por pênaltis.
Ironildo, que iniciou jogando no clube aos 16 anos, hoje com 43 anos, segue no clube como atleta e presidente. “São 27 anos vestindo e defendendo com muito orgulho a camisa do EC Amizade, neste tempo vi muitos bons jogadores jogar ao meu lado, alguns saíram para atuar nos clubes de ponta do amador de Sumaré”, comenta Ironildo, falando da alegria de vê esses atletas nos grandes times sumareenses.
Ironildo também destaca o empenho e a fidelidade dos atletas para com o time. Em especial fala da longevidade do amigo Pinduca, que está no clube desde fundação e hoje aos 67 anos ainda joga os amistosos pelo clube.
O EC Amizade não tem uma torcida organizada, podemos dizer que sua torcida é formada pelos familiares e amigos dos jogadores, que sempre comparece para dar apoio ao time. Desde o início vivemos das vaquinhas entre nós, todos contribuem com que pode, não temos um apoio de nenhum patrocinador, amizade fortalece o grupo somos uma família.
“O futebol sempre nos uniu, ajudamos uns aos outros, dentro e fora de campo, vaidade passa longe do nosso grupo, independentemente do resultado após os jogos temos nossa resenha, ali, rimos, choramos e colocamos toda a fofoca em dia, isso não tem preço!”, finaliza Ironildo.

Sábado, 26 de Setembro de 2020

Veja Também

Marca patrocinadora das equipes de futebol amador de Sumaré e região inaugura nova loja

Hoje, no Jardim Picerno, a rede de lojas Agro Pesca inaugura o Shopping dos Animais. ...