Durval, o administrador que vê na arbitragem o sucesso da LCF

Muitas vezes você já deve ter ouvido a seguinte afirmação: “Administrar qualquer um pode”. E isso não é verdade. Principalmente quando o assunto é campeonato de futebol amador.
Qualquer um pode ter a noção de administrar e quer ser o administrador. Olhe para dentro das grandes organizações, atrás do dono, há com certeza uma equipe de profissionais para garantir o sucesso da empresa.
Com essa introdução podemos descrever um pouco da organização futebolística chamada de Liga Campineira de Futebol ou simplesmente LCF. Uma instituição voltada ao futebol não profissional, futebol da várzea, com a principal tarefa de organizar campeonatos o ano inteiro e nas diversas categorias em suas faixas etárias.
Não basta apenas chamar as equipes e dividi-las em grupos e fazer as tabelas de jogos. Essa demanda é um quebra-cabeça que o diretor técnico e de competições tem que ser preciso, mostrando transparência evitando que um erro possibilita um privilégio para qualquer equipe.
Durval participa da palestra de atualização das regras do futebol ministrada pelo árbitro e Secretário Municipal de Esportes na cidade de Santa Bárbara d’Oeste, Vinícius Furlan (FPF/CBF) e pelo árbitro assistente Fábio Rogério Baesteiro (FPF/CBF).
Com os campeonatos definidos com suas tabelas de jogos, com os atletas devidamente cadastrados e inscritos nas respectivas equipes a bola tem tudo para rolar na perfeita ordem do dia. Errado. Falta um pequeno grão de arroz para a bola dar o seu primeiro giro: A arbitragem!
A arbitragem é a principal fonte de enredo dos programas esportivos e das publicações nas mídias sociais. O calcanhar de Aquiles de qualquer campeonato de futebol quer no profissional e principalmente na várzea, onde a segurança dos árbitros é rudimentar.
Durval, Presidente da Liga Campineira de Futebol como um exímio administrador que enxerga além do alcance da visão, buscou dar condições para os árbitros que atuam nas competições da LCF estarem afiado com as regras na ponta da língua e preparados para conduzir as partidas com os mínimos e aceitáveis erros humanos possíveis de arbitragem.
Essa condição vem do apoio que Durval empenha na realização anual de pelos menos dois cursos de formação e capacitação para novos árbitros, nas palestras de atualizações e reciclagem das regras, dos treinamentos de campos (aulas práticas) e no aumento do ganho real das taxas valorizando o árbitro.
Com isso Durval consegue ter os melhores e mais bem preparados árbitros para atuando nas competições promovidas e organizadas pela Liga Campineira de Futebol, fazendo delas um sucesso atraindo a cada temporada outros clubes de Campinas e da região.

Sábado, 15 de Agosto de 2020

Veja Também

Vila Formosa confirma participação na taça paulista sub 20 de futebol 2020

Clube Esportivo Vila Formosa caminha para o profissionalismo confirmando sua presença na Taça Paulista Sub ...