Região tem 50 óbitos e 1,3 mil casos de Covid-19 para cada 100 mil pessoas

Apenas na quinta-feira, prefeituras de Sumaré, Hortolândia e Paulínia informaram mais cinco mortes, totalizando 372 na microrregião

As prefeituras de Sumaré, Hortolândia e Paulínia informaram na quinta-feira (13/08) mais cinco mortes comprovadamente causadas pela Covid-19 em 24 horas, totalizando 372 óbitos na microrregião. As cinco cidades somaram também mais 173 casos, totalizando 9.737 infectados pelo novo coronavírus – além de 4,1 mil pessoas que ainda aguardam resultados de exames e 8,3 mil curados. Mas o que chama a atenção é a incidência: já são 50,0 óbitos e 1.311,0 casos para cada grupo de cem mil habitantes, no geral das cinco cidades acompanhadas pela reportagem do Jornal Tribuna Liberal.
Individualmente, o município com maior incidência de óbitos é Sumaré, com 57,3 mortes por Covid para cada cem mil pessoas. A menor incidência de mortes, na microrregião, continua sendo a de Monte Mor (41,8). Já a maior incidência de casos é a de Paulínia, com 2.332,2 mil positivados para cada 100 mil habitantes, e a menor, a de Nova Odessa, com 870,8.
Em Sumaré, todos os três novos óbitos confirmados na quinta-feira (elevando o total de moradores mortos pela Covid-19 a 162) possuíam comorbidades, ou seja, doenças ou condições de saúde pré-existentes que são fatores de risco. As vítimas foram uma mulher de 59 anos que faleceu dia 10/08 no HC (Hospital das Clínicas) da Unicamp, em Campinas; um homem de 51 anos que faleceu dia 07/07 na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Macarenko; e um idoso de 86 anos que faleceu dia 13/08 no Hospital da Unimed, em Campinas.
Em Hortolândia, a nova vítima fatal, a de número 101 entre moradores da cidade, é um homem idoso, de 73 anos, internado na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia em 1º/08, transferido para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do HES (Hospital Estadual de Sumaré) em 05/08 e que não resistiu, vindo a falecer no dia 11/08. O paciente tinha outras comorbidades, segundo a Prefeitura.
Por fim, o Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus informou na quinta-feira mais um óbito por Covid-19 em Paulínia, o de número 55 na cidade. Trata-se de paciente do sexo masculino, idoso (82 anos), com antecedentes de doença cardiovascular e diabetes mellitus (ambas consideradas comorbidades). Ele foi internado em 19/07 em um hospital da rede privada de Campinas, onde veio a falecer dia 23/07.

CENTRO DE GERIATRIA
A boa notícia em Paulínia é que os casos de idosos com Covid-19 no Centro Municipal de Geriatria “zeraram”. Na última quarta-feira, dia 12 de agosto, dois idosos do Cento deixaram a quarentena após se recuperaram da Covid-19. Antes de deixarem o isolamento, dona Cida e seo Pedro passaram por retestagem, que confirmou que ambos superaram o novo coronavírus. “Assim, o Centro de Geriatria não tem mais nenhum caso de Covid-19 entre seus residentes. Dos funcionários, dois seguem em recuperação e outros quatro colaboradores foram afastados, visto que apresentaram sintomas e aguardam pelos resultados de seus exames”, explicou a gestão paulinense. No total, seis idosos residentes na unidade contraíram a doença, dos quais quatro morreram.

ESTADO E PAÍS
O Governo do Estado confirmou mais 455 óbitos por Covid-19 em 24 horas, elevando o total de mortos em São Paulo a 26.324, além de 19.274 novos testes positivos, elevando o total de contaminados, entre mortos e sobreviventes, a 674.455 desde o início da pandemia. A letalidade está em 3,9% dos “positivados”.
“A confirmação de casos e óbitos passa a partir de hoje seguir as novas diretrizes do Ministério da Saúde aos estados e municípios, que prevê agora confirmação clínica. Com isso, o balanço desta quinta inclui 221 mortes que ocorreram no decorrer da pandemia e foram confirmados por obedecer a estes novos critérios. Assim, o total de óbitos registrados desde ontem chegou a 455, incluindo os outros 234 óbitos confirmados laboratorialmente, conforme critério utilizado até então”, explicou o Estado.
O Ministério da Saúde apontou o registro de mais 1.262 óbitos por Covid em 24 horas, elevando o total de mortos na pandemia no Brasil a 105.463. Também foram informados mais 60.091 casos positivos, totalizando 3.224.876 contaminados, com taxa nacional de letalidade em 3,3% dos positivados.

Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020

Veja Também

Atividade industrial do Brasil segue em recuperação, com alta de vagas

Sondagem da Confederação Nacional da Indústria indica que atividade já voltou ao patamar “pré-crise” A ...