Após reforma, Mario Covas ganha um centro de diagnóstico com tomógrafo

Nesta sexta-feira, obra da Prefeitura de Hortolândia entra em nova fase, com intervenções no Pronto Socorro Adulto

O Hospital e Maternidade Municipal Governador Mário Covas, no Jardim Mirante, em Hortolândia, passa pela primeira grande reforma estrutural. As intervenções planejadas visam garantir um ambiente acessível, acolhedor, humanizado, de forma a oferecer aos pacientes acesso harmônico aos demais setores do hospital. Nesta sexta-feira (14/08), a obra entra numa nova fase, com intervenções no Pronto Socorro Adulto, onde está prevista a implantação de um Centro de Diagnóstico por Imagem, com oferta de tomografia.
De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a realização de exames de tomografia na cidade possibilitará maior rapidez em diagnósticos, principalmente em casos de traumatismo crânio-encefálico e problemas torácicos e abdominais.
“O tomógrafo faz um exame de imagem que amplia a capacidade de o profissional realizar diagnósticos, com maior rapidez. Atualmente, os pacientes que precisam deste tipo de exame de urgência aguardam vaga oferecida pela central do Governo do Estado em hospitais de referência na região, como o Hospital Estadual Sumaré e o HC (Hospital das Clínicas) da Unicamp (Universidade de Campinas). Além do tempo de espera pelo exame, há uma logística para transporte deste paciente até outra a cidade. Com a oferta de tomografia aqui em Hortolândia, vamos conseguir melhorar nossa capacidade de diagnóstico e aumentar a rapidez com que este exame é feito. Mas o principal ganho é em relação ao atendimento de qualidade prestado aos pacientes, aqui mesmo, na cidade”, destacou o secretário adjunto de Saúde, Rodrigo Freire.
A primeira melhoria implantada no Hospital Municipal nesta reforma foi a abertura da ala de UTI (Unidade Tratamento Intensivo), em maio. Desde então, a cidade passa a contar com 10 leitos para atendimento de casos de alta complexidade, credenciados no Ministério da Saúde e prontos para ampliar a capacidade da rede de estadual de saúde.
Cada leito é equipado com monitor multiparâmetro, bomba de infusão e ventilador mecânico (fundamental para o atendimento de pacientes com síndrome respiratória aguda grave, SRAG, provocada pelo coronavírus). O paciente será acolhido por uma equipe médica especializada e tratamento humanizado. Destes 10 leitos, um deles é adaptado para pacientes que tenham várias patologias associadas e precisem de isolamento total.
Nesta quinta-feira (13/08), mais uma fase da obra foi concluída. Começou a funcionar o novo Pronto Atendimento Ginecológico e Obstétrico da unidade. O setor atuará no atendimento de mulheres e gestantes para atendimento de urgência e emergência ginecológica, longe das outras demandas comuns ao Pronto Socorro Adulto, garantindo maior privacidade, conforto e, ainda, carinho especial e atendimento humanizado às novas mamães.

Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020

Veja Também

Atividade industrial do Brasil segue em recuperação, com alta de vagas

Sondagem da Confederação Nacional da Indústria indica que atividade já voltou ao patamar “pré-crise” A ...