Maconha sintética é encontrada em pão de forma no Complexo

Agentes de segurança penitenciária impediram a entrada de maconha em um pão de forma, no CPP (Centro de Progressão Penitenciária) Professor Ataliba Nogueira, de Campinas, na quarta-feira (05/08).
A droga foi enviada para um preso da unidade, que faz parte do Complexo Penitenciário Campinas-Hortolândia.
De acordo com a SAP (Secretaria Estadual da Administração Penitenciária), os agentes constataram que o entorpecente estava escondido entre fatias de pão de forma, que teriam sido enviadas pelos Correios. Diante do ocorrido, foi feito um boletim de ocorrência na Delegacia Secccional de Campinas e a unidade prisional instaurou procedimento disciplinar para averiguar se o preso, que receberia a encomenda, teve participação no caso.

Sexta-feira, 7 de Agosto de 2020

Veja Também

Morador de Paulínia é detido em operação sobre desvios na Saúde

Megaoperação chamada de “Raio-X” foi deflagrada pelo MP e Polícia Civil na região; em imóvel ...