Rodovias de SP têm 104 obras, incluindo em Hortolândia, Monte Mor e Paulínia

Investimentos em andamento no Estado somam R$ 4 bilhões e geram cerca de 5.200 postos de trabalho; 100 cidades são beneficiadas

A Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) promove atualmente 104 obras em rodovias paulistas concedidas e sob sua gestão, que beneficiam 100 cidades lindeiras. Somadas, as obras alcançam aproximadamente R$ 4 bilhões em investimentos – distribuídos entre vários pontos do Estado, como Baixada Santista, Grande São Paulo, Interior, Litoral Norte e Vale do Paraíba –, e geram cerca de 5.200 postos de trabalho.
Entre as principais obras citadas pela Agência no balanço, consta a duplicação do quilômetro 25,7 ao quilômetro 33,0 (entre Monte Mor e Capivari), a implantação do dispositivo (viaduto) do quilômetro 5 (em Hortolândia) e o recapeamento de trecho entre o quilômetro 0 e o 14,7 das pistas Leste e Oeste (entre Campinas e Hortolândia) da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença, a SP-101.
Iniciadas em abril de 2018, as obras de duplicação do trecho entre Monte Mor e Capivari da SP-101 recebem investimentos de R$ 22,6 milhões – sem contar as intervenções realizadas em dispositivos de acessos e retornos. A previsão mais recente era de conclusão em dezembro de 2021.
Aparece também na lista a duplicação da Rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332), do quilômetro 164 ao 175, entre Campinas e Mogi Guaçu (passando por Paulínia).
“Mesmo durante a pandemia provocada pelo novo coronavírus, que exigiu isolamento social e interrupção de viagens a partir de meados de março, intervenções previstas em contrato seguiram o cronograma. Aproximadamente 5.200 postos de trabalho foram criados com as iniciativas”, ressaltou a Artesp.
“Mesmo diante dos desafios impostos pela pandemia, o governo entendeu que podia encontrar oportunidades para gerar emprego e renda para as cidades lindeiras, aliando ainda a melhoria das rodovias. Com as estradas mais vazias, houve a possibilidade de intensificar as obras”, afirmou o vice-governador e secretário de Governo, Rodrigo Garcia.
“Duplicação de rodovias, faixas adicionais, implantação de via perimetral, de marginais, de novas pistas e recapeamentos de trechos existentes são alguns dos serviços que estão sendo realizados pelas concessionárias. As intervenções conferem inúmeros benefícios para a população e para os municípios, seja na futura melhoria da mobilidade dos moradores e na geração de postos de trabalho durante as execuções das obras”, acrescentou a Agência.
“O Estado de São Paulo possui o maior número de concessões rodoviárias do país. Queremos que os usuários tenham cada vez mais serviços de qualidade e segurança. Nossas rodovias estão sendo preparadas para serem as mais modernas do Brasil e já contam com serviços diferenciados. A Artesp, como órgão regulador e fiscalizador da atuação das concessionárias, está acompanhando bem de perto a execução dessas obras”, afirma Milton Persoli, diretor geral da Artesp.
“As concessionárias que atualmente estão sem obras de grande porte são aquelas que já atingiram o nível de maturidade contratual, ou seja, fizeram todas as intervenções necessárias e atualmente mantêm as manutenções e serviços corriqueiros”, completa Persoli.
A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte de São Paulo regula o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado há mais de 20 anos. Sob sua gerência, estão 20 concessionárias, que atuam em 10,7 mil quilômetros de rodovias, o que representa quase 50% da malha estadual, abrangendo 283 municípios.
A Agência também fiscaliza o Transporte Intermunicipal de Passageiros, exceto nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Litoral Norte. Dentre as ações, realiza auditoria de frota, garagem e instalações, ações fiscais na operação das linhas regulares, nos terminais rodoviários e nas rodovias. Além disso, a Artesp é responsável pela regulação da concessão de cinco aeroportos regionais.

Domingo, 2 de Agosto de 2020

Veja Também

Estado paga 5ª parcela do ‘Merenda em Casa’ a 97 mil alunos da região

O Governo de São Paulo confirmou na sexta-feira (14/08) o pagamento da quinta parcela do ...