Juninho Agro Pesca, empreendedor do bem

Junior Francisco Batista ou simplesmente Juninho da Agro Pesca, um empresário empreendedor de sucesso. Ele não apenas tem uma empresa, mas um propósito. Corajoso, de postura desafiadora, apaixonado pelo futebol de várzea, se mantém atento ao mercado em busca de oportunidades, ao mesmo tempo motiva e apoia as equipes amadoras de Sumaré e região.
Juninho, 38 anos, casado, pai de Lívia Batista de 1 ano e três meses, nasceu em Porteirinha, interior de Minas Gerais, torcedor fanático da raposa, costuma ir aos jogos do Cruzeiro, desde 1995 morra em Sumaré, sócio proprietário da Agro Pesca São Judas e Cia.
Juninho gosta muito de esporte em especial de futebol e mais ainda da várzea. Sua paixão é tamanha que Agro Pesca São Judas e Cia ajudou na confecção de uniformes para mais de 150 times de Sumaré, Hortolândia e Campinas.
Perguntado se tem retorno financeiro ajudando tantos times, Juninho explicou que financeiramente o retorno é zero, entretanto o único retorno é a gratidão estampada nos olhares dos donos das equipes principalmente quando se deparam com ele nas praças esportivas.
O gosto pelo futebol é tamanho que Juninho recentemente realizou um sonho de criança conhecendo pessoalmente, Alessandro Rosa Vieira, mais conhecido como Falcão, quatro vezes (2004, 2008, 2011 e 2012), eleito pela FIFA como o melhor jogador de futsal do mundo. Através da parceria com a Magnus (rações), Falcão, esteve presente nas lojas da Agro Pesca São Judas e Cia.
Após o dia de autógrafos nas lojas da Agro Pesca São Judas e Cia, o Falcão juntamente com Juninho e os funcionários fizeram uma pelada com direito a gol antológico do melhor do mundo com assistência de Juninho, gol que tem mais 330 mil visualizações no Facebook, fora Instagram, YouTube e outras mídias sociais.
Juninho é uma pessoa bem relacionada no universo da bola. Tem alto prestígio por suas atitudes, conduta e histórico no mundo profissional e na sociedade futebolística. Sempre simpático, alegre, divertido, ajuda no que for possível às pessoas que lhe pedem ajuda sem pedir nada em troca.
Dentre tantos times que são apoiados pela Agro Pesca São Judas e Cia, Juninho não escolhe nenhum como time do coração, entretanto revela que tem certa afinidade pelo São Judas e União Bom Retiro que foram agremiações que atuou como atleta.
Em relação aos jogadores fora de série, Juninho relaciona vários, Dudu Negão, zagueiro, Rodrigues, meio-de-campo, Tufão, volante, Lougan, meio-de-campo, Renatinho, volante e Willian, goleiro. “Poderia citar muitos outros excelentes jogadores que tive o prazer de comandar ou vê-los jogar.”
Ter uma base familiar faz tanta diferença na vida de um ser humano. Sou dedica do a família, sou pai, me considero exemplar, quando chego em casa minha maior alegria é minha filhinha vindo correndo, abraçando e chamando de papai, tenho carinho e respeito muito grande pela minha mãe, como tinha com meu pai (in memoriam) e tenho com toda a minha família. Finaliza Juninho, um empreendedor do bem.

Sábado, 25 de Julho de 2020

Veja Também

EC Viel, lealdade, garra e determinação

Há quatro anos um grupo de amigos se reunia nas resenhas após jogar a tradicional ...