Educação de Sumaré acompanha o acesso de alunos às aulas remotas

Acesso ao conteúdo das aulas é feito pelo Google for Education e acompanhado pela equipe gestora de cada escola da Rede Municipal

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, quando as aulas presenciais tiveram que ser suspensas por conta da necessidade de isolamento social para barrar a disseminação da Covid-19, a Prefeitura de Sumaré, por meio da Secretaria Municipal de Educação, passou a disponibilizar ensino remoto para os mais de 22 mil alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino – e também as quase 6 mil crianças das creches conveniadas à Prefeitura pelo Proeb (Programa de Educação Básica).
O acesso ao conteúdo das aulas – que é oferecido via sistema Academic ITL (www.academicitl.com.br) e, mais recentemente, pelo Google for Education – é acompanhado pela equipe gestora de cada escola que realiza busca ativa detectando quem não executou as atividades por meio digital.
“Após este mapeamento, a equipe entra em contato com as famílias para se informar sobre os problemas e buscar soluções. Os alunos com dificuldades de acessar a internet têm a opção de retirar o material impresso nas escolas em dias agendados previamente e, claro, respeitando todas as medidas de segurança em Saúde”, explicou o secretário municipal de Educação, Waltair Pereira Lucas.
Todo o material das aulas remotas é planejado pelos professores sob assessoria da Coordenação Pedagógica, permitindo assim que o educador acompanhe e mantenha interação com os seus alunos, bem como uma rotina de estudos para fortalecimento de vínculos entre as escolas durante o período de distanciamento social.
“Estamos conseguindo acessar todas as atividades através da plataforma sem problema algum. Temos também a oportunidade de anexar as tarefas realizadas como devolutiva e isso é muito bom. Mostra que o aluno está conseguindo se desenvolver com os materiais disponibilizados, com a ajuda dos pais e professores que estão sempre muito atenciosos”, contou Vivian Daniela Bolognesi Carrilho, mãe dos alunos João Vitor Carrilho (8º ano) e Lucas Bolognesi Carrilho (5º ano) da EM Antonio Palioto.
“Nós, professores da Re de Municipal de Sumaré, estamos evoluindo quanto à utilização das tecnologias de Comunicação por meio do ensino remoto oferecido aos nossos alunos desde o início da quarentena para que tenham o menor impacto possível no desenvolvimento escolar”, ressaltou Cláudia Grota, professora de Arte na EM Antonio Palioto.
Tutoriais e cursos de formação foram oferecidos aos profissionais da Educação pela equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação e do Cefems (Centro de Formação de Educadores Municipais de Sumaré) com o objetivo de facilitar os acessos às plataformas digitais pelos alunos.
“Em tempos de pandemia, todos nós tivemos que nos adaptar a uma nova configuração da rotina. Na Educação não foi diferente. O momento requer novas posturas e nossos colaboradores na Secretaria Municipal de Educação estão trabalhando com grande dedicação, seja com o uso de recursos digitais ou de materiais impressos, para que nenhum aluno seja prejudicado, oferecendo condições para que as famílias ajudem no desenvolvimento das habilidades necessárias para a continuidade do aprendizado dos nossos alunos. Os desafios são imensos, mas com fé em Deus, união e comprometimento de todos, vamos vencer mais essa batalha e escrever um novo capítulo na história da Educação”, disse o prefeito Luiz Alfredo Dalben (PPS).

Terça-feira, 21 de Julho de 2020

Veja Também

Covid impõe Dia dos Pais com menos abraços àqueles na ‘linha de frente’

Trabalhadores que continuam atuando contra a Covid-19 reforçam cuidados para evitar levar vírus “para dentro ...