Sumaré recebe mais de R$ 2,9 milhões para ações de combate ao coronavírus

Recurso foi intermediado pelo vice-prefeito da cidade e suplente de deputado federal Henrique Stein Sciáscio, do PRB

A cidade de Sumaré recebeu cerca de R$ 2,9 milhões do Governo Federal para investimento na Saúde e ações de combate à pandemia de Covid-19. O recurso foi intermediado pelo vice-prefeito da cidade Henrique “do Paraíso” Stein Sciáscio – que também é primeiro suplente de seu partido a deputado federal na Câmara dos Deputados – junto ao Ministério da Saúde, por meio do presidente nacional do PRB (Partido Republicano Brasileiro), deputado Marcos Pereira.
“É com grande alegria que recebemos este recurso, que já está em caixa e sendo utilizado para nossas ações de combate ao novo coronavírus e pela saúde da população. Agradeço ao deputado federal Marcos Pereira, que mais uma vez nos auxiliou junto ao Ministério da Saúde, liberando para Sumaré este empenho que solicitei e venho trabalhando tanto para seu recebimento. Essa verba vai nos ajudar e muito a melhorar os serviços de saúde no nosso município, atendendo aos anseios da população, incluindo nossos trabalhos na implantação do Hospital de Campanha que já está em funcionamento”, explicou Henrique Stein.
Em Sumaré, o plano de contingência contra o coronavírus começou em janeiro. A Prefeitura já ampliou os leitos das UPAs Matão e Macarenko, todas as outras 22 unidades de saúde da atenção primária estão voltadas para o atendimento do coronavírus, seguindo os critérios do Ministério da Saúde, caso necessite utilizar seus espaços para tratamento da doença, mas sem prejudicar os demais atendimentos.
Além disso, a Secretaria de Saúde, disponibiliza seis unidades de referências para tratamento da Covid-19. Os moradores que apresentarem sintomas leves da doença, por exemplo, devem procurar a unidade localizada na sua região: Região Central/Rural (UBS Veccon), Região do Matão (UBS Matão), Região do Picerno (UBS Bordon), Região do Maria Antonia (UBS Florely), Região da Área Cura (UBS Ypiranga) e Região de Nova Veneza (PA-CIS Nova Veneza, segunda entrada).
Também já está em funcionamento o Hospital de Campanha montado pela Prefeitura no antigo hospital privado Madre Theodora, na região de Nova Veneza. São 20 leitos e 5 UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) viabilizados pelo Município, com estrutura para ampliação do estado se necessário.

SUPLÊNCIA
Por pouco Henrique do Paraíso, que tem 35 anos, não foi eleito diretamente para uma das 70 cadeiras às quais o Estado de São Paulo tem direito na Câmara dos Deputados, em Brasília, nas Eleições Gerais de outubro e 2018. Ele obteve na ocasião 54.113 votos – o equivalente a 0,26% do total de votos válidos a deputado federal no Estado –, ocupando a 1ª suplência do seu partido, e pode vir a assumir uma das vagas da legenda pelo Estado de São Paulo na Câmara dos Deputados a qualquer momento ao longo da atual legislatura.
No total, o partido de Henrique do Paraíso fez seis deputados federais por São Paulo: Celso Russomano (521.728 votos), Marcos Pereira (139.165 votos), Vinícius Carvalho (97.862 votos), Roberto Alves (82.097 votos), Milton Vieira (77.413 votos) e Maria Rosas (71.745 votos). O vice-prefeito de Sumaré foi o 7º mais votado do PRB.
A votação de Henrique em 2018, na verdade, foi superior à de três deputados federais efetivamente eleitos por São Paulo. São eles Herculano Passos, do MDB, com 49.653 votos; Alexis (Novo), com 45.298 votos e Guiga Peixoto (PSL), que obteve 31.718 votos. No entanto, todos eles foram beneficiados pelas votações de outros candidatos de seus partidos ou coligações, garantindo vagas através do quociente eleitoral.

Sexta-feira, 17 de Julho de 2020

Veja Também

Consimares assina convênio com Instituto para destinação ao lixo de sete municípios

Reunião foi realizada em Sumaré, com presença do secretário estadual de Meio Ambiente O prefeito ...