Pontes e vias recém-inauguradas já contam com a iluminação de LED

Lâmpadas de LED conferem maior potencial de luminosidade, com modernidade, além de oferecer mais claridade

A Prefeitura de Hortolândia avança com o serviço de troca de lâmpadas dos postes, que beneficiará toda a cidade. O novo “balão” do Jardim Santa Clara 2 já conta com iluminação de LED. Na sexta-feira (10/07), a Prefeitura finalizou a instalação das luminárias no local. A ação foi realizada em toda a extensão do Viário Santa Fé, inaugurado no início deste mês, que contempla novas ruas e uma ponte integrando vários bairros da cidade.
Outra obra, recém-inaugurada, que já conta com sistema de iluminação, é a ponte do Jardim São Sebastião. Na segunda-feira (13/07), as equipes trabalharão na troca das lâmpadas de vapor de sódio da Avenida Olívio Franceschini. Na sequência, a ação acontecerá na Avenida da Emancipação.
Recentemente, também foi atendida a região do Jardim Nova Hortolândia (incluindo o Primavera, Recanto do Sol, São Jorge, Boa Esperança, Nossa Senhora Auxiliadora, Vila Real Santista e Vila Real Continuação), onde foram substituídas 2.300 lâmpadas de vapor de sódio dos postes por luzes de LED. A iluminação de LED já é realidade também nas ruas dos bairros da região do Jardim Amanda e do Jardim Rosolen.
As lâmpadas de LED conferem maior potencial de luminosidade, com modernidade, além de oferecer mais claridade e, com isso, aumentar a segurança nos bairros à noite. A ação também contemplará as novas obras viárias em andamento.
A meta da Prefeitura é que, até o final de 2021, todos os bairros contem com esta tecnologia, “o que colocará Hortolândia na lista das cidades inteligentes do Brasil”. Ao todo, serão substituídas, 22 mil lâmpadas de vapor de sódio. As regiões do Jardim Amanda e Rosolen já foram beneficiadas e o trabalho está em andamento na região do Jardim Nova Hortolândia.
A troca das lâmpadas acontece por meio de um consórcio, contratado pela Prefeitura via PPP (Parceria Público-Privada) para as ações de gestão e modernização do parque de iluminação pública, que realiza um estudo luminotécnico. Trata-se da avaliação de qual tipo de luminária se adequa melhor às ruas e avenidas. O valor contratual é de R$ 227 milhões e o período para que serviço de iluminação seja explorado é de 30 anos.
As novas luzes oferecem mais claridade e, com isso, aumentam a segurança nos bairros à noite. Além de iluminar mais, as lâmpadas de LED consomem menos energia elétrica do que as de vapor de sódio, usadas atualmente. A estimativa da Prefeitura é que, com a PPP, os custos com iluminação pública sejam reduzidos em mais de 50%.
“Além de apresentarem um impacto ambiental menor, as lâmpadas de LED são muito mais econômicas. Hoje, a Prefeitura paga R$ 600 mil por mês em iluminação pública. Com as lâmpadas de LED, esse valor será de 200 mil por mês”, afirmou o secretário de Planejamento Urbano, Carlos Roberto Prataviera Junior.
Os investimentos em iluminação pública fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pela Prefeitura para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos.
O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas intervenções, o município conta com apoio de recursos da iniciativa privada e dos Governos Estadual e Federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Sábado, 11 de Julho de 2020

Veja Também

Espaço Oriental Mix