Repositório da Unicamp reúne material de apoio à aprendizagem de Matemática

Lançado em 2017 pelo IMECC (Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), o repositório de materiais didáticos de apoio às principais disciplinas de Matemática do Ensino Universitário já possui cerca de 170 mil usuários e ultrapassou 1,5 milhão de acessos recentemente. O acervo reúne exercícios, videoaulas e outros conteúdos que auxiliam, por exemplo, na complementação da aprendizagem durante o ensino remoto.
Os interessados podem acessar o repositório pelo link https://cursos.ime.unicamp.br/. Conforme explica o responsável pelo repositório, professor do IMECC Marcelo Firer, embora a internet propicie uma ampla gama de conteúdos, o diferencial do repositório está na seleção do material.
“Existe uma quantidade enorme de materiais disponíveis online, mas esse material varia muito na sua qualidade. É importante destacar que o repositório traz material selecionado, com curadoria, e tem coisas para muitos gostos”, salienta ao Portal da Unicamp.
Segundo o docente, é muito difícil que uma pessoa aprenda somente estudando online, os materiais podem ajudar na aprendizagem. Assim, a ideia foi criar um agregador de conteúdo qualificado para dar acesso aos materiais de apoio. Os conteúdos se referem, no momento, às disciplinas básicas da Matemática: Geometria Analítica, Cálculo Diferencial e Integral de uma ou mais variáveis.
Para cada disciplina, o repositório possui cerca de 1.200 exercícios e problemas. Além disso, há mais de 300 videoaulas, cerca de 150 applets (demonstrativos, feitos geralmente com o Geogebra), links para aproximadamente 1.500 micro aulas e vídeos curtos, notas de aula e provas e exames de diversas universidades renomadas do Brasil e do exterior.

ACESSO
As cidades que mais acessam o repositório são: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Campinas e Maputo. Marcelo também observa que 92% dos usuários são brasileiros, mas há acessos de todos os países de língua portuguesa, como Portugal e Angola, e também de países como os Estados Unidos.
“O acesso vem crescendo o tempo todo, e aumenta durante esse período (de ensino remoto), mas já estava aumentando de modo geral a cada semestre”, compartilha Marcelo.

Domingo, 28 de Junho de 2020

Veja Também

‘Estrada da PPG’ recebe instalação de guias e sarjetas pela Prefeitura

Em fase final das obras de duplicação e revitalização, a Estrada Municipal Américo Ribeiro dos ...