Prefeitura de Sumaré recebe da Yara doações para o combate à Covid-19

Empresa, que mantém duas plantas industriais na Área Cura, contribuiu com a entrega de oito mil máscaras e 200 cestas básicas

A Yara, líder mundial em nutrição de plantas, promoveu a doação de oito mil máscaras e 200 cestas básicas para a Prefeitura de Sumaré (onde a multinacional mantém duas modernas plantas de produção de fertilizantes, situadas na Área Cura), com o objetivo de apoiar o combate aos impactos da Covid-19 no município. A ação local faz parte da iniciativa da empresa de colaborar em todas as 25 cidades nas quais está presente no Brasil, com operações ou atuação comercial, e que abrange um total de R$ 1 milhão.
Em Sumaré, a doação foi coordenada pelos gerentes das duas unidades da empresa, Fabio Santana e Fabio Oliveira. “As doações de cestas básicas e de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) ajudarão a comunidade de Sumaré a enfrentar este momento atípico. Como parte da cidade, não podemos deixar de apoiar os que mais precisam. Juntos, venceremos esta situação”, afirmou Santana.
A entrega aconteceu nesta semana, nas dependências da Yara, quando o vice-prefeito Henrique Stein Sciáscio (PRB) e equipe retiraram as 200 cestas básicas, que serão distribuídas pelo Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura para famílias em vulnerabilidade, e as oito mil máscaras, dentre elas, duas mil do modelo PFF2, recomendada para profissionais da Saúde. “Estamos priorizando em nossas doações, sempre que possível, fornecedores da região, para continuarmos a estimular a economia local”, complementou Oliveira.
Para Carlos Lienstadt, vice-presidente de Recursos Humanos e Comunicação da Yara Brasil, o momento é de unir forças com a sociedade, outras empresas e poder público. “Consideramos fundamental participarmos desse movimento de solidariedade, contribuindo para atender demandas emergenciais nas regiões onde atuamos para enfrentar esse momento crítico. Nossas ações estão conectadas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável que balizam nossas decisões de Responsabilidade Social Corporativa”, explicou.

SOBRE A YARA
A Yara, líder mundial em nutrição de plantas, cultiva conhecimento para alimentar o mundo e proteger o planeta de forma responsável. Para concretizar esses compromissos, lidera o desenvolvimento de ferramentas agrícolas digitais destinadas à agricultura de precisão e trabalha em estreita colaboração com seus parceiros em toda a cadeia de valor de alimentos com o objetivo de desenvolver soluções sustentáveis e ser a empresa de nutrição de plantas do futuro.
Fundada na Noruega, em 1905, para resolver a emergente crise de fome na Europa, a Yara está presente no mundo todo, com mais de 17 mil colaboradores e operações em mais de 60 países. Em 2018, registrou uma receita de US$ 12,9 bilhões.
No Brasil, a Yara contribui para desenvolver a agricultura nacional, contemplando em suas soluções nutricionais todos os solos e culturas. A empresa também fornece soluções industriais para a redução de poluentes, melhorando a qualidade do ar das cidades. Presente no país desde a década de 1970, a empresa possui operações industriais, de mistura e distribuição nos principais polos agrícolas do Brasil, contando com aproximadamente 7 mil colaboradores.
Em março de 2018, a empresa inaugurou sua primeira fábrica de fertilizantes foliares da linha YaraVita fora da Europa, a segunda da empresa na Área Cura, em Sumaré. Com investimento de R$ 100 milhões, a unidade é responsável pela produção de aproximadamente 70% de todo o volume de YaraVita comercializado pela empresa no Brasil. Os processos da fábrica são quase 100% automatizados.
Ao lado da nova unidade da YaraVita, já funcionava, desde novembro de 2014, a unidade misturadora de fertilizantes sólidos da Yara Brasil, que recebeu investimento de R$ 115 milhões e gerou cerca de 90 empregos diretos na cidade. A unidade misturadora de Sumaré era, naquele momento, a 33ª do grupo aberta no Brasil, e considerada a mais moderna do tipo.

Quarta-feira, 20 de Maio de 2020

Veja Também

UBS do Jd. Nova Europa realiza testes rápidos da Covid-19 em moradores

Prefeitura de Hortolândia está testando 500 moradores aleatoriamente para acompanhar disseminação da doença Alívio. Esta ...