Nome e marca do Jornal Tribuna Liberal são usados em montagem

O nome e o logotipo do Jornal Tribuna Liberal foram utilizados criminosamente na terça-feira (24/03) para a produção e disseminação online de uma notícia falsa (uma “fake news”) sobre o suposto surgimento de um caso confirmado de Covid-19 em Sumaré. A direção do jornal reinterou ontem, em suas redes sociais, que imagem que circulou em aplicativos de mensagens “é falsa, uma montagem grosseira utilizando o nome de um veículo de informação real, o Jornal Tribuna Liberal”. “A ‘informação’ nela contida não procede”, reafirmou.
A própria Prefeitura de Sumaré foi alertada para a situação e também negou, ao longo do dia, a falsa notícia contida na montagem – a cidade continuava sem casos positivos do novo coronavírus até o final da tarde de terça-feira.
A Diretoria do jornal informou também que já estuda quais medidas jurídicas vai tomar no caso, contra os autores do uso indevido de nosso nome nessa tentativa torpe de causar comoção na cidade de Sumaré. Para acompanhar as informações reais da cidade e da região, e combater fake news como essa, acesse diariamente www.tribunaliberal.com.br.
“Fake news” são as “notícias” ou montagens propositalmente falsas ou inverídicas, ou que contém informações falsas ou distorcidas em meio a informações verdadeiras, raramente produzidas por profissionais do Jornalismo, muitas vezes com erros crassos de gramática e estilo. Não raramente, se utilizam de imagens e padrão visual de veículos de informação verdadeiros para “ganhar credibilidade”. Elas são disseminadas na internet, em redes sociais e aplicativos de mensagens por uma pessoa ou grupo, e geralmente contam com um objetivo específico, visando fazer o leitor (ou eleitor) acreditar em informações (parcial ou totalmente) não verdadeiras.

Quarta-feira, 25 de Março de 2020

Veja Também

Altas temperaturas e baixa umidade do ar oferecem risco à saúde

O forte calor e as altas temperaturas que atingem o Estado de São Paulo nessa ...