Alunos da Rede Municipal começam a receber uniformes da Prefeitura

Os mais de 26 mil alunos da Rede Municipal de Hortolândia começaram, na quarta- -feira (12/02), a receber os esperados uniformes escolares. A Prefeitura iniciou a distribuição dos kits de verão por escolas do Jardim Amanda: Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e de Ensino Fundamental) Jd. Amanda III e Emefs Renato Costa Lima e Tarsila do Amaral. A previsão da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, é concluir a entrega dos uniformes, em todas as escolas da rede municipal, até o final deste mês.
Cada criança recebe duas camisetas e uma bermuda para usar nos dias mais quentes de Primavera e Verão. Para maio está prevista a entrega dos kits de inverno, com agasalho e calça, a ser usado em época de temperaturas mais baixas.
Durante entrega dos uniformes, a comunidade recebeu outra boa notícia: a chegada às escolas dos kits de material escolar. Parte dos itens, de uso individual, será entregue em breve aos alunos; a outra parte, de uso coletivo, será utilizada em sala de aula.
Ao todo, até o Carnaval, serão entregues 23.900 kits de material nas 58 escolas municipais. Eles são organizados em oito tipos – três kits destinados à Educação Infantil; três ao Ensino Fundamental e dois para a EJA (Educação de Jovens e Adultos).
“Depois do planejamento e da Jornada Pedagógica, começamos o ano com tudo organizado. Uniformes e materiais escolares são um direito da criança. Ficamos felizes porque conseguimos fazer isso na Rede Municipal”, afirmou a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire.
Neste ano, foram confeccionados 27 mil kits de uniformes de verão. A Prefeitura entregará, ao todo, 81 mil peças – 27 mil bermudas e 54 mil camisetas, segundo informações da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social.
Para pais e responsáveis, a entrega dos kits de verão representa economia, segurança e praticidade, no dia a dia. “O uniforme é de boa qualidade. É resistente. Ela ainda está usando o do ano passado”, comenta a trancista Karol Shinyder, mãe de Laryssa Gabriele, de 8 anos, estudante do 1º. Ano na Emef Renato Costa Lima. “É muito importante ter o uniforme. Além da economia com roupas ao longo do ano, se a criança some é mais fácil localizar por causa do uniforme. Com ele, as crianças vêm tudo igual para a escola, ninguém é melhor que ninguém”, explica a cabeleireira.

Quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2020

Veja Também

‘Estrada da PPG’ recebe instalação de guias e sarjetas pela Prefeitura

Em fase final das obras de duplicação e revitalização, a Estrada Municipal Américo Ribeiro dos ...