Estudantes debatem Ciência Política em curso da Escola do Legislativo

A Ciência Política foi o tema da primeira atividade de formação oferecida pela Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Sumaré aos integrantes da atual “legislatura” do Projeto Parlamento Jovem, de participação popular e educação política a estudantes da cidade. A palestra, aberta também à população, foi realizada no sábado (23), no plenário da Casa Legislativa.
O curso de “Introdução à Ciência Política” foi ministrado pelo docente especialista em Cidadania e presidente do Fórum Municipal de Educação, professor Luís Carlos Gonçalves. A capacitação foi acompanhada pelo presidente da Escola Legislativa, vereador Dudú Lima (PPS), e pelo vereador Ulisses Gomes (PT). A próxima atividade de formação da Escola do Legislativo acontece no dia 27 de abril, com palestra sobre a história de Sumaré.
Para o professor Luís Carlos Gonçalves, o debate ajuda na formação dos jovens parlamentares e da população de Sumaré. “Dentro desse tema geral da Ciência Política, pensamos em falar um pouco da origem da política como ação humana, da origem dela como ciência, falar de algumas teorias sobre política e as relações com o poder e, a partir dessa questão do poder, falar também sobre democracia e autoritarismo. Acredito que é um conjunto de conhecimentos que vai agregar bastante ao trabalho dos parlamentares jovens e ser útil para população”, disse.
Luís Carlos Gonçalves é filósofo, gestor de políticas públicas e servidor público municipal. Na Prefeitura de Sumaré, atua na gerência de monitoramento e avaliação do Plano Municipal de Educação. É presidente do Fórum Municipal de Educação de Sumaré e presta assessoria técnica aos colegiados de educação do município. Recentemente, foi eleito secretário executivo do Fórum Estadual de Educação, grupo que reúne cerca de 70 órgãos públicos e entidades ligadas ao tema no Estado de São Paulo.
“A palestra foi pedida por muitos parlamentares porque a gente não tinha uma noção estruturada do que é a ciência política, do que se trata e do que é política de verdade. Estamos aqui porque quisemos representar os jovens, mas não sabíamos exatamente o que era a base da política. Agora a gente consegue identificar o que seria uma democracia feita da forma correta”, avaliou a presidente do Parlamento Jovem, Ellen Marianne Guimarães, representante da Escola Estadual Dr. Leandro Franceschini.
A vereadora jovem avalia como “muito promissor” o início da atual legislatura. “É muito importante a Escola do Legislativo fazer uma palestra com tanta liberdade para debater temas que são polêmicos hoje em dia e o público poder participar disso. Nós, talvez, sejamos uma nova geração de políticos. Então, é necessário que a gente saiba de verdade o que fazer”, finalizou.

Veja Também

Coden termina reparo em adutora e abastecimento volta ao normal

Equipes da empresa de Saneamento de Nova Odessa trabalharam ininterruptamente por 30 horas no conserto ...